PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Suspenso, Gallardo se comunica via rádio e entra no vestiário do River

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

30/10/2018 22h46

Suspenso e impedido de comandar o River Plate na vitória sobre o Grêmio, na noite desta terça-feira (30), Marcelo Gallardo foi flagrado se comunicando via rádio com o auxiliar e ainda entrou no vestiário de sua equipe na Arena do Grêmio.

Após as imagens do SporTV mostrarem a comunicação de Gallardo com o auxiliar Matías Biscay, que estava na beira do gramado, dirigentes do Grêmio desceram para avisar a Conmebol e viram o treinador do River entrando no vestiário, algo que não poderia fazer nesta noite.

gallardo - reprodução/SporTV - reprodução/SporTV
Imagem: reprodução/SporTV

Mesmo depois da denúncia do Grêmio, o clube argentino não permitiu a entrada dos delegados da Conmebol pela porta interna que dá acesso ao vestiário.

"Denunciamos à Conmebol a entrada dele no vestiário, e a Conmebol foi tomar as devidas providências para tirá-lo de dentro do vestiário. Porém, segundo informações dos próprios delegados da Conmebol, eles foram impedidos de entrar", disse Carlos Amodeo, CEO do Grêmio, ao UOL Esporte e outros veículos de imprensa.

"O Gallardo fez o seu trabalho, fez o que queria fazer. Em uma atitude antidesportiva, ele acaba zombando da Conmebol, como vocês mesmos viram aqui", desabafou o dirigente gremista.

vestiário river - Jeremias Wernek/UOL - Jeremias Wernek/UOL
Delegado da Conmebol é impedido de entrar em vestiário do River Plate
Imagem: Jeremias Wernek/UOL

Os flagras de Gallardo com o rádio e no vestiário ocorreram no primeiro tempo e no intervalo, mas o técnico continuou ignorando o regulamento durante o segundo tempo e seguiu usando o rádio.

Em determinado momento, o auxiliar Matías Biscay ouve algo no aparelho e, em seguida, chama Scocco para entrar em campo. Coincidentemente, foi em um chute de Scocco que Bressan tocou a bola com a mão e cometeu pênalti contra o Grêmio.

Matías Biscay - reprodução/SporTV - reprodução/SporTV
Matías Biscay, auxiliar, chama Scocco após ouvir instrução de Gallardo no rádio
Imagem: reprodução/SporTV

Depois do jogo, com a classificação garantida, Gallardo cometeu outra infração para explicar a primeira. Em coletiva improvisada, o treinador negou arrependimento.

"Talvez eu tenha descumprido uma regra de não poder entrar no vestiário, porque não estava permitido. Eu reconheço e assumo (o erro), mas era o que eu precisava. O que eu sentia que tinha que fazer e não me arrependo". disse o técnico do River Plate.

Futebol