PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goleiro atingido por Dedé sofre fratura no rosto e ficará fora por 2 meses

Dedé foi expulso após choque de cabeça com o goleiro Andrada - Gustavo Garello/AP
Dedé foi expulso após choque de cabeça com o goleiro Andrada Imagem: Gustavo Garello/AP

Do UOL, em São Paulo

20/09/2018 08h02

Em comunicado oficial divulgado na manhã desta quinta-feira (20), o Boca Juniors informou que o goleiro Esteban Andrada sofreu uma fratura no maxilar inferior e ficará fora dos gramados por dois meses. O jogador se chocou com o zagueiro Dedé na partida de quarta (19), contra o Cruzeiro, pela Libertadores.

Assista aos gols da partida entre Cruzeiro e Boca Juniors.

“Nas próximas horas, outros exames serão concluídos para a definição da conduta que será tomada. Ele permanece internado para um tratamento com analgésicos”, informou o Boca Juniors.

Ainda de acordo com o clube, Andrada desfalcará o Boca Juniors por pelo menos dois meses. Deste modo, ele não estará presente no duelo de volta contra o Cruzeiro, em 4 de outubro, no Brasil.

Dedé foi expulso aos 29 minutos do segundo tempo do confronto de quarta justamente pelo choque com o goleiro Andrada. O juiz paraguaio Eber Aquino consultou o árbitro de vídeo (VAR) e considerou que o brasileiro merecia receber o cartão vermelho.

O Boca venceu o Cruzeiro por 2 a 0. Com isso, o time mineiro precisa triunfar por três gols de diferença no confronto de volta para se classificar para a semifinal da Libertadores.

Futebol