PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conmebol manda Ubaldo Aquino dar palestra sobre VAR ao Palmeiras

Ex-árbitro Ubaldo Aquino é cumprimentado por Cícero Souza, dirigente do Palmeiras - Divulgação
Ex-árbitro Ubaldo Aquino é cumprimentado por Cícero Souza, dirigente do Palmeiras Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/09/2018 15h21

Nessa quarta-feira (20), o Palmeiras recebeu no Chile profissionais da Conmebol para uma palestra sobre o VAR um dia antes do jogo contra o Colo-Colo, válido pela ida das quartas-de-final da Copa Libertadores da América. Entre estes profissionais estava Ubaldo Aquino, responsável por uma das arbitragens mais contestadas da história do clube.

Em 2001, quando ainda trabalhava como árbitro, Aquino apitou Boca Juniors 2 x 2 Palmeiras, jogo de ida das semifinais da Libertadores daquele ano. O Alviverde reclama de um pênalti marcado para os argentinos e da não marcação de um pênalti sobre o volante Fernando.

A foto de Aquino palestrando para a delegação do Palmeiras foi postada pelo próprio clube em seus perfis nas redes sociais. O paraguaio também vai trabalhar na partida como assessor de arbitragem, uma espécie de consultor, que observa, analisa e ajuda em relatórios finais, mas não toma decisões.

Presidente do Palmeiras, Galiotte disse que Aquino foi designado pela Conmebol e admitiu certo desconforto com a situação.

"Hoje ele é dirigente da Conmebol, e quem determina as pessoas que vão nos passar as determinações é a Conmebol. O Palmeiras recebeu a comissão de arbitragem para todas as orientações. O Ubaldo tem uma passagem conosco extremamente lamentável em 2001. Mas hoje ele trouxe as instruções, e a gente não tem como negar as pessoas que nos são recomendadas. A gente não pode misturar os assuntos, mas estou de pleno acordo com o torcedor, com as pessoas que sofreram demais com o Ubaldo Aquino naquela partida contra o Boca Juniors", disse Galiotte, à ESPN.

Futebol