PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio espera 54 mil na Arena e pede ajuda para chegada do time

Grêmio teve dificuldade para acessar Arena na final da Copa do Brasil de 2016  - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Grêmio teve dificuldade para acessar Arena na final da Copa do Brasil de 2016 Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

31/10/2017 15h19

A Arena do Grêmio deverá receber um público histórico no segundo jogo da semifinal da Copa Libertadores, nesta quarta-feira. Com todos os ingressos vendidos, o Grêmio projeta entre 50 e 54 mil pessoas no derradeiro duelo diante do Barcelona-EQU. O volume de público e o entorno do estádio causam uma preocupação: o deslocamento do ônibus com o time.

Na tentativa de evitar atraso no trajeto do hotel até a Arena, o Tricolor tem divulgado orientações ao público. A principal é para chegar cedo ao estádio e evitar caminhar pelas vias de acesso ao palco da partida.

"Quem vier ao portão 1 (usado pelo clube para acessar os vestiários), por favor: contenção e fique em cima da calçada. Não interrompa a via, não vá para o meio da rua. Isso atrapalha a delegação, causa congestionamento e atrasa quem está vindo para o jogo", pediu Thiago Floriano, diretor do DTG (Departamento do Torcedor Gremista), em vídeo divulgado nas redes sociais.

Além da instrução de não obstruir as ruas, o Grêmio pede que o público procure chegar cedo e ingresse no estádio com antecedência. Tudo para evitar aglomeração na área externa da Arena, que abriga pequenos bares e por conta do espaço físico diminuto rendem ajuntamento de pessoas na calçada. A reunião nas ruas do bairro Humaitá já virou uma espécie de tradição antes das partidas na Arena. Só que a presença maciça do público ali acaba afetando a malha viária e até o time sofre.

Na final da Copa do Brasil do ano passado, o deslocamento do Grêmio foi afetado. Jogadores, comissão técnica e dirigentes chegaram bem depois do horário previsto pela dificuldade de tráfego nas vias de acesso ao estádio.

Uma nota, assinada pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Comando de Policiamento da Capital e 9º BPM (Batalhão de Polícia Militar) pede justamente isso: colaboração do público durante o deslocamento do ônibus com a delegação.

Grêmio e Barcelona-EQU se enfrentam a partir das 21h45 (Brasília). Os portões da Arena serão abertos às 18h45. O Tricolor tem larga vantagem. Em Guayaquil, o time treinado por Renato Gaúcho venceu por 3 a 0.
 

Futebol