PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio reverencia Grohe após 'defesa da carreira' contra o Barcelona-EQU

Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

26/10/2017 01h17

Luan decidiu com dois gols e Marcelo Grohe decidiu com a mão direita. Assim como o meia-atacante, o goleiro do Grêmio foi muito celebrado depois da vitória diante do Barcelona-EQU, em Guayaquil, na primeira partida da semifinal da Copa Libertadores. Direção, comissão técnica e grupo de jogadores valorizaram a intervenção no início do segundo tempo.

No elenco principal do Grêmio desde 2006, Grohe não titubeou e elegeu o lance com Ariel Nahuelpan como a maior defesa de sua carreira.

"Eu tive a oportunidade de ver a defesa no vestiário. Foi bacana, importante, sem dúvida uma das mais bonitas da minha carreira. Por ser em uma semifinal de Libertadores foi a mais bonita e importante, sim", comentou o goleiro.

O lance aconteceu aos três minutos do segundo tempo. Depois de cruzamento da ponta direita, a zaga do Grêmio não afastou e Ariel se mexeu para aproveitar a sobra. Quase em cima da linha estava Marcelo Grohe. Ao ver o centroavante correndo em direção a bola, o goleiro deu dois passos à frente e pulou. Com os braços abertos.

"Não tem como explicar. Eu nunca tinha visto uma defesa tão boa e importante como aquela ali. Ele saltou bem, eu vi o Ariel sozinho", elogiou Edilson. "Foi uma situação clara de gol para eles e o Grohe foi muito feliz. Um grande time sempre começa por um grande goleiro", comentou Ramiro.

Outro que fez menção ao lance foi Renato Gaúcho. O treinador se desmanchou em elogios e fez questão de lembrar o contexto da invertenção para valorizar a jogada.

"Vale destacar e muito o Grohe. Foi uma das melhores que eu vi na minha vida. Foi em momento importante do jogo. Começo do segundo tempo, estava 2 a 0 e podia ter ficado complicado", afirmou o treinador do Grêmio.
 

Futebol