PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mancini reclama de arbitragem após derrota da Chape: "tendenciosa"

Chapecoense teve dificuldades contra o Nacional do Uruguai - AP/Matilde Campodonico
Chapecoense teve dificuldades contra o Nacional do Uruguai Imagem: AP/Matilde Campodonico

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/04/2017 21h36

Como o próprio Vagner Mancini disse após a partida, nada deu certo para a Chapecoense nesta quinta-feira, contra o Nacional, no Uruguai. Depois de perder por 3 a 0, o técnico brasileiro fez questão de reclamar da arbitragem, que expulsou dois dos seus jogadores e, segundo ele, usou critérios diferentes para os donos da casa. Clique aqui para ver os gols da partida.

"A arbitragem mais uma vez foi tendenciosa. Para um lado, teve rigor, para outro, não. O Aguirre (do Nacional-URU) estava fora de campo, já com amarelo, entrou em campo só para cair... O quarto árbitro viu, falou com ele, mas ele não recebeu o segundo amarelo", disse Mancini à FOX Sports.

Sobre o desempenho da Chape, Mancini preferiu usar poucas palavras. "Nada deu certo. Tomamos um gol muito cedo, voltamos para o segundo tempo com a equipe mais adiantada, mas tomamos um segundo gol rápido e, na sequência, a expulsão do Luiz Otávio", analisou.

Com o revés, a Chapecoense se mantém com apenas quatro pontos, atrás de Lanús e Nacional, ambos com sete pontos - o time argentino é líder pelo critério de desempate. Restam apenas dois jogos para decidir os classificados às oitavas de final do torneio.

Futebol