PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Aguirre, sobre atacante que chorou ao deixar Mineirão: "Está bem"

Carlos (à esquerda), atacante do Atlético-MG - Bruno Cantini/Atlético MG/Divulgação
Carlos (à esquerda), atacante do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Atlético MG/Divulgação

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

14/04/2016 23h13

A volta de Carlos aos gramados tinha tudo para ser perfeita. Dois meses após romper os ligamentos do tornozelo direito e passar por uma cirurgia, ele entrou em campo e balançou a rede pelo Atlético-MG. Mas pouco tempo após celebrar com a torcida que compareceu ao Mineirão, o atacante teve que deixar o estádio queixando-se de dor no mesmo local.

A assessoria de imprensa do clube informou que o problema não foi exatamente na mesma região da operação a qual foi submetido, mas, sim, em um lugar diferente, mesmo que ele tenha deixado o gramado aos prantos.

Ao término do compromisso, o técnico Diego Aguirre aproveitou para tranqüilizar a torcida sobre a situação do atacante:

“Ele está bem. Não foi no mesmo lugar da cirurgia. Foi no outro lado. Ele está com um pouco de medo, porque ficou muito tempo parado. Foi muito importante ele ter jogado e marcado um gol para recuperar a sua confiança. A presença de Carlos, com um gol marcado, foi uma das coisas boas desse jogo”, comentou.
 

Futebol