PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Autor de golaço, Wijnaldum vomitou por duas noites antes de partida

Giorginio Wijnaldum foi fundamental para o Liverpool na vitória sobre o Bournemouth - Jason Cairnduff/Reuters
Giorginio Wijnaldum foi fundamental para o Liverpool na vitória sobre o Bournemouth Imagem: Jason Cairnduff/Reuters

Do UOL, em São Paulo

09/02/2019 19h20

Georginio Wijnaldum foi um dos destaques da vitória do Liverpool contra o Bournemouth, por 3 a 0, neste sábado (9), em Anfield, pela 26ª rodada do Campeonato Inglês. Além de uma ótima atuação, o meio-campista marcou um golaço, encobrindo o goleiro adversário de dentro da grande área. 

Após o jogo, o técnico Jurgen Klopp e alguns jogadores revelaram que o holandês quase foi cortado da partida devido a uma virose. 

"Ele estava com diarreia e vomitando por duas noites seguidas antes do jogo, então não pôde ficar conosco no hotel", afirmou o treinador. "Ele teve simplesmente tudo o que você não quer ter duas noites antes de um jogo. Então, depois de apenas algumas horas de sono, ele chegou e disse: 'me sinto bem, posso jogar'."

"Ontem à noite, nós sequer o vimos e hoje ele faz uma partida dessa", acrescentou o experiente James Milner. 

A partir do exemplo de Wijnaldum, Klopp destacou "o caráter e a mentalidade" dos jogadores como a "única razão pelo time estar onde está". "Nós sempre podemos usar o caráter e a atitude deles. Nós podemos vencer jogos de futebol, e nós iremos. Quantos? Ainda veremos", declarou. 

Ainda que de maneira provisória, o Liverpool reassumiu a liderança do Campeonato Inglês com a vitória deste sábado (9), com 65 pontos, três à frente do Manchester City. O time de Pep Guardiola joga neste domingo (10) contra o Chelsea, em casa. Caso vença, superará a equipe de Klopp pelo saldo de gols, mas terá um jogo a mais.

Esporte