PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tottenham faz 3 a 1 e encerra sequência invicta do Chelsea no Inglês

DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP
Imagem: DANIEL LEAL-OLIVAS/AFP

Do UOL, em São Paulo

24/11/2018 17h22

O Tottenham não tomou conhecimento ao atropelar o Chelsea, neste sábado (24), em Wembley. Com uma atuação bastante superior, os Spurs venceram por 3 a 1 em confronto válido pela 13ª rodada do Campeonato Inglês. De quebra, o time de Mauricio Pochettino ainda impôs a primeira derrota ao rival na competição.

A vitória do Tottenham foi construída logo no início da partida. Em 15 minutos, a equipe já tinha uma vantagem de 2 a 0 no placar - gols de Dele Alli e Harry Kane. Na segunda etapa, Son ampliou a vitória. No fim, Giroud descontou para o Chelsea.

Com o resultado, o Tottenham supera o Chelsea na tabela e sobe para a terceira colocação do Inglês, com 30 pontos - cinco a menos que o líder Manchester City. O Chelsea, com 28, cai para a quarta posição.

As equipes voltam a campo no meio de semana. O Tottenham recebe a Inter de Milão na quarta-feira (28), pela fase de grupos da Liga dos Campeões. No dia seguinte, o Chelsea enfrenta o PAOK pela Liga Europa.  

O melhor: Son 
Son comemora gol do Tottenham contra o Chelsea - PHIL NOBLE/REUTERS - PHIL NOBLE/REUTERS
Imagem: PHIL NOBLE/REUTERS

Son Heung-min protagonizou o lance mais bonito da vitória do Tottenham. O coreano marcou um belo gol em arrancada pela direita que praticamente definiu o triunfo. Ele teve chances de balançar a rede em outras oportunidades, mas acabou parando em boas defesas de Kepa Arrizabalaga.

O pior: David Luiz 
David Luiz em ação na partida entre Tottenham e Chelsea - MATTHEW CHILDS/Action Images via Reuters - MATTHEW CHILDS/Action Images via Reuters
Imagem: MATTHEW CHILDS/Action Images via Reuters

É bem verdade que o Chelsea não se encontrou ao longo da partida, mas David Luiz foi o destaque negativo do sistema defensivo. O brasileiro praticamente assistiu a Harry Kane no lance do segundo gol do Tottenham e foi facilmente batido por Son no terceiro.

Tottenham domina 1º tempo e faz dois em 15 minutos

O início de partida do Tottenham foi arrasador em Wembley. Bastou apenas 15 minutos para o time de Mauricio Pochettino abrir 2 a 0 no placar. O primeiro deles saiu logo aos oito minutos, quando Dele Alli aproveitou bom cruzamento de Eriksen em lance de bola parada pela direita e completou de cabeça para a rede. A vantagem obtida no começo do jogo não diminuiu o ímpeto dos Spurs. Aos 15, foi a vez de Harry Kane deixar a sua marca. O atacante dominou a bola na entrada da área, aproveitou espaço da marcação e mandou um belo chute para ampliar.

O Tottenham seguiu criando as melhores chances e só não levou uma vantagem maior para o intervalo graças ao goleiro Kepa Arrizabalaga, que fez duas boas defesas em chutes de Son. A melhor delas foi já nos acréscimos, quando o coreano emendou um chute forte após cruzamento da esquerda e viu o espanhol se esticar para espalmar.

Hazard aposta em lances individuais

Em um primeiro muito abaixo do Chelsea, o único a apresentar algo diferente foi Eden Hazard. O belga apostou em jogadas individuais para tentar diminuir o prejuízo da equipe. O meia conseguiu uma boa finalização da entrada da área e fez Lloris trabalhar. Ele ainda tentou partir para cima da marcação em outros momentos, mas acabou neutralizado pela defesa rival.

Tottenham amplia com Son e Chelsea desconta no fim

Após abrir a vantagem de 2 a 0 no primeiro tempo, o Tottenham ampliou o placar aos 10 minutos do segundo tempo com uma bela jogada individual de Son. O coreano escapou em velocidade pela direita, deixou Jorginho para trás e cortou David Luiz antes de mandar para a rede. Foi o gol de número 50 do coreano pelos Spurs. O resultado só não ficou ainda mais elástico porque Harry Kane desperdiçou uma chance da pequena área.

Apesar de não conseguir esboçar reação ao longo de todo o confronto, o Chelsea chegou ao gol no fim. Aos 40 minutos, Giroud - que havia entrado no decorrer da segunda etapa - aproveitou cruzamento e completou de cabeça para a rede. O gol chegou a dar ânimo para os visitantes, mas não mudou o cenário da partida.

Willian completa 600 jogos com atuação apagada

O meia-atacante Willian chegou a uma marca importante na carreira. Neste sábado, o brasileiro disputou o seu jogo de número 600 como profissional - ele iniciou a trajetória nos gramados pelo Corinthians, em 2006. Na partida, no entanto, Willian teve atuação discreta e foi substituído aos 32 minutos do segundo tempo para a entrada de Giroud.

Chelsea vê fim de invencibilidade

Com o resultado neste sábado, o Chelsea viu uma longa invencibilidade chegar ao fim. A última derrota do time comandado por Maurizio Sarri havia sido em 5 de agosto (2 a 0 contra o Manchester City, pela Supercopa Inglesa). Desde então, foram 18 jogos oficiais consecutivos sem perder na temporada - 14 vitórias e quatro empates.

Por outro lado, o Tottenham emplacou a quinta vitória consecutiva. Curiosamente, a sequência também teve início depois de uma derrota para o Manchester City, no dia 29 de outubro, pela 10ª rodada do Campeonato Inglês.

Esporte