PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Manchester City vence em casa com grande atuação de Agüero

Jogadores do City comemoram primeiro gol na partida contra o Brighton - REUTERS/Phil Noble
Jogadores do City comemoram primeiro gol na partida contra o Brighton Imagem: REUTERS/Phil Noble

Do UOL, em São Paulo

29/09/2018 12h49

O Manchester City fez o esperado e ganhou do Brighton em casa por 2 a 0, mantendo a invencibilidade no Campeonato Inglês. São 19 pontos nas sete primeiras rodadas. O grande nome da partida foi Agüero, que deixou o segundo e participou do primeiro gol. Gabriel Jesus começou no banco, entrou na etapa complementar e mostrou mais vontade do que bola.

Desde o começo, o desenho da partida sugeria que a única dúvida era de quando o Manchester City abriria o placar. O confronto era dos donos de casa pressionando e jogando no campo de ataque o tempo todo. O Brighton fechava tudo lá atrás e tentava esticadas para ligar contra-ataques. Mas a bola voltava rápido para o time de Guardiola, que amassava o adversário. O antídoto do Brighton era formar uma linha de cinco defensores e outra de quatro jogadores. Quase o time todo jogava atrás da linha da bola.

A estratégia do Brighton exigia paciência do City porque o gol não saía, apesar do amplo domínio da posse de bola. A equipe time precisou rodar a bola várias vezes para colocar seus homens em um contra um e assim criar chances. Aos 29 minutos, o City conseguiu abrir o placar usando justamente a arma do adversário.

City abre placar em contragolpe

O Brighton perdeu a bola no campo de ataque e o contragolpe foi fulminante. Agüero para Sané aberto na ponta esquerda da área. Ele gingou, cruzou rasteiro e Sterling completou no segundo pau chegando de carrinho.

O gol não mudou em nada o andamento da partida. O restante do primeiro tempo se desenhou com o Brighton na retranca. Nem a conversa no intervalo alterou a postura do time. O City começou a etapa complementar em cima. A linha de zagueiros e laterais do adversário foi empurrada o tempo todo para a linha da grande área. O restante dos atletas rivais jogavam poucos metros a frente.

Mais pressão e golaço de Agüero

Houve momentos de blitz do City com a bola cruzando a área do Brighton várias vezes. O bombardeio não resultava em gols, mas o time de Guardiola também não era ameaçado. A bola era recuperada rapidamente anulando qualquer chance de contra-ataque e evitando riscos para o City.

O segundo gol aconteceu em mais um momento em que o sistema de defesa não estava postado. O goleiro do Brighton bateu tiro de meta e o City ganhou a posse de bola no meio de campo. Agüero partiu para cima dos zagueiros, que estavam mais adiantados. Com este espaço, o argentino tirou três da jogada e abriu na esquerda quando já estava na entrada da área. A bola foi rolada para trás e Agüero chegou para completar para as redes.

Gabriel Jesus - Lee Smith/Reuters - Lee Smith/Reuters
Imagem: Lee Smith/Reuters

Gabriel Jesus em campo

O gol, ocorrido aos 19 minutos do segundo tempo, foi o último lance de Agüero na partida. Ele deu lugar a Gabriel Jesus que mais uma vez iniciou no banco de reservas. O brasileiro mostrou muita vontade, algo que nunca falta a ele. Mas o gol não saiu, muito por causa da postura do Brighton.

O adversário continuou compacto atrás, dificultando a vida de um atacante. O City manteve o controle da bola, que estava a todo momento no campo de defesa do Brighton. Mas chances não foram criadas.

City na liderança

A vitória manteve a longa série invicta do Manchester City no Campeonato Inglês que agora chega a 13 partidas sem perder. Neste período, foram 11 vitórias e dois empates. O time de Guardiola começa a competição embalado e parece credenciado a lutar pelo bicampeonato. O Brighton permanece perto da zona de rebaixamento com cinco pontos. Curiosamente, a única vitória da equipe foi diante do Manchester United.

Agora o City volta suas atenções para a Liga dos Campeões. O time é o último lugar no Grupo F e estreou com derrota diante do Lyon em casa por 2 a 1. O próximo jogo é diante do Hoffenheim e está marcado para a terça-feira na Alemanha.

Esporte