Topo

Gaúcho - 2019


Juventude x Inter tem briga com empurrão, socos e três expulsões

Do UOL, em Porto Alegre

10/02/2019 18h15

O final do primeiro tempo de Juventude e Internacional, neste domingo (10), foi marcado por uma confusão generalizada no gramado do estádio Alfredo Jaconi. Depois de troca de empurrões entre William Pottker e Luiz Carlos Winck, treinador do time de Caxias do Sul, houve socos em série de Victor Sallinas e Nico López. A arbitragem expulsou três.

O incidente se estendeu por quase 10 minutos. O árbitro Vinicius Amaral deu cartão vermelho a Victor Sallinas, Nico López e também expulsou Luiz Carlos Winck.

A confusão começou aos 42 minutos da etapa inicial depois do goleiro Marcelo Carné sair da área para dar chutão. William Pottker correu para cobrar lateral rápido, em busca de vantagem pela posição do camisa 1 do Juventude. Ao ver a corrida do camisa 99, Luiz Carlos Winck se manteve no caminho para bloquear a passagem do jogador do Inter.

Pottker e Winck deram encontrão e um auxiliar foi em direção ao jogador, desferindo empurrão. O camisa 99 foi parar dentro do banco de reservas, onde contou com proteção do quarto árbitro para evitar agressões.

Na área técnica, jogadores dos dois times se acumularam. Foi aí que Nico López se aproximou e houve troca mútua de socos. O uruguaio foi atingido por dois atletas, Eltinho e Victor Sallinas, e também desferiu golpes contra os rivais.

"O Winck é quem tem que explicar, ele começou tudo", disse Odair Hellmann na saída de campo. "Eu levei a porrada e ele (árbitro) está me expulsando por causa do meu auxiliar", disse Luiz Carlos Winck.