PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio adota reciprocidade e reduz espaço para torcida adversária na final

Time do Grêmio terá apoio absoluto em jogo de ida da final na Arena,  domingo - Lucas Uebel/Divulgação Grêmio
Time do Grêmio terá apoio absoluto em jogo de ida da final na Arena, domingo Imagem: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

30/03/2018 08h00

Através de seu perfil oficial no Twitter, o Brasil de Pelotas divulgou que o Grêmio determinou apenas 800 lugares para sua torcida no primeiro jogo da final do Gauchão, neste domingo, na Arena. O número é inferior ao normalmente estipulado até mesmo em jogos de Libertadores.

O comum é que a Arena disponibilize entre 1.500 e 2 mil bilhetes para os torcedores adversários. O estádio tem capacidade superior a 50 mil torcedores e o número não contempla nem 10% do total. Até mesmo a torcida do Inter, tradicional rival, teve espaço superior a 2 mil lugres na Arena.

Porém, de acordo com o comunicado do Brasil, a opção do Grêmio se dá por conta da reciprocidade. Serão 800 gremistas no estádio Bento Freitas, no jogo derradeiro. Só que o estádio do Brasil, já com arquibancadas móveis, tem capacidade máxima de 10,5 mil torcedores.

A direção do Xavante apenas lamentou o fato e preferiu não abrir polêmica. A direção do Grêmio não se manifestou sobre o caso até o fechamento desta reportagem.

Os ingressos começam a ser vendidos na manhã desta sexta e desde a noite de quinta já havia fila nas bilheterias do Bento Freitas. 

O duelo que abre a final do Gauchão ocorre no domingo às 16h (de Brasília), na Arena.

Futebol