PUBLICIDADE
Topo

Espanhol - 2019

Messi 'choca' mídia espanhola e adversários com três golaços: "Superman"

Messi fez três gols contra o Sevilla - JORGE GUERRERO / AFP
Messi fez três gols contra o Sevilla Imagem: JORGE GUERRERO / AFP

Do UOL, em São Paulo

23/02/2019 17h07

Messi só não fez chover no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, hoje (23), na vitória por 4 a 2 do Barcelona sobre o Sevilla. O astro anotou três gols antológicos, deu uma assistência para Luiz Suárez e atingiu a marca de 50 hat-tricks na carreira. A atuação foi extremamente elogiada pelos veículos de comunicação espanhóis, que exaltaram o desempenho do argentino e até o apelidaram de super-herói.

"Superman Messi, contra tudo e rumo ao Bernabéu", escreveu Fernando Polo. O jornalista não economizou nos elogios para o argentino: "Apareceu o Superman vestido com a camisa do Barça e com o '10' nas costas. O melhor da história é Lionel Messi", disse o colunista do Mundo Deportivo.

Leia mais:

Eufórico, Lluís Mascaró, do jornal catalão Sport, deu título ao seu texto de "Leo Messi, o 'pu.. amo' do futebol", ressaltando que o atacante é o dono do time: "O Barça, cada vez mais, é o Futebol Clube Messi. Os três gols do melhor futebolista do mundo e da história deram uma vitória transcendental que aproxima um pouco mais do título", opinou.

Já o Marca, de Madri, perguntou aos seus leitores: "O que mais se pode dizer de Messi?". O periódico descreveu o rendimento de Messi como "descomunal" a afirmou que o argentino foi o ponto de desequilíbrio do jogo.

Rivais ficam incrédulos

O astro da equipe blaugrana é um verdadeiro carrasco do Sevilla. Em 37 partidas contra o adversário deste sábado, Messi contabiliza 36 gols e 16 assistências, marca aterrorizadora para o time Rojiblanco.

"Nós enfrentamos uma das melhores equipes do mundo e o melhor jogador do mundo que, acima de tudo, tomou as rédeas da partida e parece ter desejo especial quando nos enfrenta. O elemento que desequilibrou foi Lionel Messi", comentou Pablo Machín, treinador do Sevilla, em coletiva de imprensa após o jogo.

"Fizemos um primeiro tempo muito bom. Criamos boas chances, apertamos e na segunda etapa Messi liquidou a partida. Com ele [Messi], são muito melhores. Ele fez três gols e deu uma assistência. Tudo passa por ele. Para ganhar do Barcelona, temos que parar o Messi", argumentou o lateral Gabriel Mercado.

O atacante Ben Yedder, por sua vez, declarou através de sua conta no Twitter que o time até tentou vencer a partida, mas que foi impedido por um extraterrestre. 

"Neste mundo, talvez teríamos vencido essa partida.... Mas existe um jogador de outro planeta que quis de outra maneira. Orgulhoso da equipe, nunca nos rendemos. Vamos Sevilla!", tuítou.