PUBLICIDADE
Topo

Espanhol - 2019

Com astros no banco e CR7 apagado, Real Madrid vence Eibar por 3 a 0

Real Madrid conseguiu vitória sobre o Eibar no Santiago Bernabéu - Juan Medina/Reuters
Real Madrid conseguiu vitória sobre o Eibar no Santiago Bernabéu Imagem: Juan Medina/Reuters

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/10/2017 18h33

Com um time mesclado e sem maior esforço, o Real Madrid bateu o Eibar por 3 a 0, gols de Oliveira (contra), Asensio e Marcelo, em jogo válido pelo Campeonato Espanhol.

Com muitas competições simultâneas, o técnico Zidane poupou nomes como Marcelo, Benzema e Kroos, que começaram no banco do Santiago Bernabéu. Com o resultado, os merengues chegaram aos 20 pontos, cinco a menos que o líder Barcelona.

O português Cristiano Ronaldo jogou a partida inteira, mas pouco fez e passou em branco. Na quinta-feira, a equipe tem pela frente o Fuenlabrada, adversário da Copa do Rei, na casa do adversário.

Suficiente

O Real Madrid esteve longe dos seus dias mais brilhantes no primeiro tempo, mas fez o bastante para descer para o intervalo com uma vitória parcial por 2 a 0.

Ainda que nitidamente inferior, o Eibar não se intimidou e tentou ir para cima do Real Madrid. O time azul e grená fez Casilla trabalhar, mas logo cedeu o primeiro gol aos donos da casa. Após escanteio cobrado, Paulo Oliveira jogou contra o próprio gol e facilitou as coisas para o time merengue. Aos 27, Asensio acertou belo chute e praticamente encaminhou o triunfo.

A vantagem fez com que o jogo ficasse sob medida para o Real, que controlou a bola e evitou esforços desnecessários. Não faltou luta ao Eibar, mas fato é que o time não demonstrou nenhuma força após ficar em desvantagem.

Protocolo cumprido

Com a vitória praticamente definida, o Real Madrid jogou em ritmo de treino os 45 minutos finais. O time manteve a bola, fez o adversário correr e se cansar, mas não demonstrou o conhecido instinto para marcar mais gols.

O time até criou algumas oportunidades, mas os merengues não foram eficazes e também pararam na boa atuação de Dmitrovic. Em uma delas, no entanto, o sérvio nada pôde fazer. Após linda tabela, o brasileiro Marcelo, que entrou e jogou mais adiantado, arrematou em um chute indefensável e colocou números finais ao jogo na capital espanhola.

Dono da casa

Atual campeão, o Real Madrid não tem feito do Santiago Bernabéu o seu conhecido alçapão nesta edição do Campeonato Espanhol. Contra o Eibar, a equipe venceu apenas a sua segunda em casa. A equipe amargou uma derrota contra o Bétis, e empates contra Valencia e Levante.

Cristiano apagado

Cristiano Ronaldo - Juan Medina/Reuters - Juan Medina/Reuters
Imagem: Juan Medina/Reuters

A jornada do português neste domingo foi muito diferente do habitual. Apagadíssimo, Cristiano Ronaldo pouco participou da partida e não deixou sua marca nesta tarde.

Durante os 90 minutos, o camisa 7 só foi notado em três ocasiões, mas ambas negativamente. Aos 6 da etapa final, o atacante isolou uma cobrança de falta na arquibancada. Minutos depois, saiu na frente de Dmitrovic, que defendeu o arremate do luso. Pouco depois, chutou na rede pelo lado de fora, não sem antes ser parado novamente pelo goleiro do Eibar.

Recordar é viver

Por meio de seu Twitter, o Real Madrid tratou de esquentar o duelo contra o Eibar. Horas antes do jogo, a rede social merengue publicou um vídeo com grandes momentos e gols de partidas contra o rival deste domingo.

Real Madrid x Eibar
Local: Santiago Bernabéu, em Madri
Árbitro: Alfonso Javier Álvarez Izquierdo
Auxiliares: Juan Barranco e Joan Méndez
Cartões amarelos: Charles (EIB), Casemiro (RMA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Paulo Oliveira (contra), aos 17 minutos, Asensio, aos 27 minutos do primeiro tempo; Marcelo, aos 36 minutos do segundo tempo

REAL MADRID
Casilla, Sergio Ramos, Varane, Nacho Fernández e Theo Hernández; Casemiro. Modric, Ceballos (Marcelo), Isco (Lucas Vázquez); Asensio (Benzema) e Cristiano Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane.

EIBAR
Dmitrovic, José Ángel, Paulo Oliveira, Lombán e Capa (Peña); Rivera, Escalante (Enrich), Jordán ,Inui e Arbilla; Charles (Kike). Técnico: José Mendilibar