UOL Esporte Campeonato Espanhol
 
Chema Moya/EFE

Marcelo (centro) comemora com colegas vitória sobre o Atlético de Madri

19/03/2011 - 19h55

Marcelo é decisivo de novo, e Real mantém briga de 'gato e rato' com o Barça

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Se o Real Madrid não pode contar com o talento de Kaká, que ainda recupera sua melhor forma física, Marcelo honra os brasileiros em Madri. Decisivo na classificação às quartas de final da Liga dos Campeões, ele apareceu bem novamente com uma assistência para o gol de Ozil. Dessa forma, a equipe venceu o Atlético de Madri por 2 a 1 e segue sua briga de ‘gato e rato’ com o Barcelona.

BARÇA VENCE COM GOLAÇO DE D. ALVES

  • REUTERS/Albert Gea

    Daniel Alves mostrou porque faz parte da equipe considerada melhor do mundo. Com um golaço de voleio ele garantiu o triunfo por 2 a 1 do Barcelona sobre o Getafe, neste sábado, no Camp Nou. Bojan marcou o segundo gol do jogo que ficou marcado pelas várias homenagens a ao companheiro Abidal, que se recupera de um câncer. Leia o relato

O time catalão venceu o Getafe neste sábado e abriu oito pontos de vantagem com 78 pontos. O Real não deixou por menos e abaixou a diferença para cinco pontos no fim do dia. Nos últimos seis jogos pelo Espanhol, os rivais tiveram desempenho praticamente igual com cinco vitórias e um empate.

Jogando em casa, o Atlético de Madri perdeu uma boa chance de entrar na zona de classificação para a Liga Europa e figura em sétimo com 39 pontos. Parece que o Real é realmente uma pedra no sapato. Já são 21 derbis sem vitória sobre o rival da capital espanhola.

Em um primeiro tempo muito movimentado e com várias oportunidades de ambas as equipes, o Real levou a melhor por sua eficiência. O time da casa tentou pressionar, mas perdia muitas bolas no meio e oferecia muito espaço para o contra-ataque do Real.

Logo aos 10 minutos, Benzema abriu o placar ao mostrar frieza diante do goleiro. Khedira recebeu de Xabi Alonso no meio, dominou e toca para Benzema. O atacante francês saiu em velocidade em direção ao gol e deu um toquinho por cima na saída do goleiro.

Em desvantagem, os anfitriões partiram para o ataque e obrigaram Casillas a fazer pelo menos quatro defesas importantes. A equipe aproveitava os espaços dados pelo Real e chegava com eficiência, mas pecava nas finalizações.

O jogo ficava cada vez mais aberto e, aos 32, Özil marcou o segundo para o Real em uma bela jogada de Marcelo. O brasileiro dominou na ponta esquerda, chegou à linha de fundo e rolou para Ozil tocar de primeira. O Atlético sentiu o gol e o time de Mourinho seguiu melhor até o fim da primeira etapa

MESSI: JOGARIA NO CORINTHIANS E NO SP

  • Pierre-Philippe Marcou/AFP

    Imagine Messi jogando pelo Corinthians ou pelo São Paulo. A cena parece surreal, mas os dois clubes paulistas agradam ao argentino. Em entrevista à revista infantil Recreio, o craque disse que São Paulo e Corinthians são equipes em que "qualquer jogador gostaria de estar".Leia mais

A história do jogo parecia mudar no segundo tempo. Obrigado a sair para o jogo, o Atlético de Madri se lançou ao ataque e deu trabalho à defesa adversária. O Real só conseguiu esboçar uma reação aos 9 minutos com Ozil.

A equipe tentou se recompor e, para isso, passou a trocar passes em seu campo de defesa. Sumido no jogo, Cristiano Ronaldo tentava aparecer e criou três jogadas em um espaço curto de tempo, mas não teve sucesso. Com o jogo se aproximando do fim, o Real valorizava a posse de bola e trocava passes no meio-campo.

Mas aos 40 minutos foi supreendido e o Atlético de Madrid diminuiu o placar. Reyes passou para Agüero pela esquerda, tocou em Keko, que fez a parede e o argentino chutou rasteiro, no canto esquerdo de Casillas. O tento levou susto aos torcedores do Real, mas já não havia mais tempo para recuperação dos rivais.

Ficha da Partida

Atlético de Madri Atlético de Madri Técnico: Q. Sánchez Flores
1. David de Gea
17. Ujfalusi
15. Godín
18. Domínguez
14. Filipe Luís
19. Reyes
4. Suárez
5. Tiago
9. Elias
32. Koke Merodio
10. Aguëro
7. Forlán
. Diego Costa
1 2
Real Madrid Real Madrid Técnico: José Mourinho
1. Casillas
4. Sergio Ramos
3. Pepe
2. Ricardo Carvalho
12. Marcelo
10. Lass Diarra
17. Arbeloa
14. Xabi Alonso
24. Khedira
23. Özil
7. Cristiano Ronaldo
22. Di María
9. Benzema
6. Adebayor

Data: 19/03/2011 - 18h00

Local: Vicente Calderón

Árbitro: F. Teixeira Vitienes

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host