PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians sofre, mas derrota o Red Bull nos pênaltis e vai às oitavas

Goleiro corintiano Diego comemora pênalti defendido na disputa contra o Red Bull - Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Goleiro corintiano Diego comemora pênalti defendido na disputa contra o Red Bull Imagem: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Do UOL, em São Paulo

14/01/2019 22h08

O Corinthians passou por alguns sustos, mas conseguiu uma vaga nas oitavas de final da Copa São Paulo ao derrotar o Red Bull nos pênaltis (4 a 2) na noite desta segunda-feira, em Itu. O time corintiano, que busca o 11º título da competição, ficou no empate por 2 a 2 no tempo normal, com gols de Fabrício Oya e Rafael Bilu - Luis Phelipe fez os dois da equipe adversária. 

Nos pênaltis, o Corinthians acertou todas as cobranças: Fabrício Oya, João Celeri, Gustavo Mantuan e Caetano marcaram. Já o Red Bull perdeu duas. Chrigor bateu por cima do gol, e Léo parou nas mãos do goleiro Diego. Feitosa e Moreira, por sua vez, converteram.

Com o resultado obtido no estádio Novelli Júnior, a equipe do técnico Eduardo Barroca enfrentará o Visão Celeste, time do Rio Grande do Norte, nas oitavas da Copinha. 

O primeiro tempo em Itu foi extremamente movimentado. Aos cinco minutos, o  Red Bull saiu na frente do placar em um chute de longe de Luis Phelipe, que bateu forte e não deu chance ao goleiro Diego. O Corinthians buscou o empate e fez 1 a 1 aos 27. No lance, Fabrício Oya pegou o rebote na entrada da área e foi às redes pela quinta vez na Copinha.

O Corinthians não demorou muito para virar o jogo. Depois de um cruzamento de Janderson, que bateu no travessão, Rafael Bilu, na sobra, chutou cruzado e venceu o arqueiro Belli. Mesmo com menos apoio nas arquibancadas, o Red Bull fez o segundo gol, novamente com Luis Phelipe. O atacante recebeu na frente, driblou o goleiro e marcou o segundo na partida.

Na etapa final, outro jogador do Corinthians teve de sair de campo por causa de uma lesão - na última partida da fase de grupos, contra o Ituano, Fessin quebrou a perna direita após um choque com o goleiro. Agora, o lateral esquerdo Lucas Piton levou ao pior ao disputar a bola com um companheiro de time, o volante Du. No lance, o pé de Piton ficou preso no gramado, com uma torção de joelho na sequência.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, no duelo que vale vaga nas quartas de final. Para alcançar as oitavas de final, o Visão Celeste, o adversário, eliminou Primavera-SP e Fortaleza. Na fase de grupos, foi o líder do Grupo 20, com duas vitórias e uma derrota. Já o Corinthians ficou em primeiro na sua chave e derrotou o Porto, de Pernambuco, no primeiro duelo eliminatório.

Futebol