PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Romero revela conversa com Andrés para adiar ida à seleção e jogar final

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

27/09/2018 01h06

Convocado à seleção paraguaia por Juan Carlos Osorio, o atacante Ángel Romero agora vive um pequeno drama: comparecer a um período de treinos com o novo treinador da equipe ou jogar as finais da Copa do Brasil pelo Corinthians. Após a classificação nesta quarta-feira (27), sobre o Flamengo, ele revelou ter conversado com Andrés Sánchez para tentar diálogo com a APF (Associação Paraguaia de Futebol).

"Falta ainda decidir, mas depois do jogo conversei com o presidente [Andrés] para ver como podemos fazer. A apresentação é no dia 8, e a final aqui é dia 10. Na seleção ficaria até o dia 16, e a segunda final é no dia seguinte", explicou Romero. Questionado sobre a possibilidade de adiar a apresentação à seleção paraguaia em três dias, ele abriu o jogo.

"A gente vai tentar isso com o presidente da APF e vamos ver o que decidem. Fica na decisão deles, porque a minha vontade é fazer ambas as coisas: jogar a final e ir para a seleção também", afirmou.

Romero foi titular do Corinthians na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo. Foi discreto, tendo como ponto alto o início da jogada do gol de Pedrinho, o segundo e consequentemente o da classificação alvinegra. O adversário da decisão da Copa do Brasil é o Cruzeiro, que eliminou o Palmeiras com empate por 1 a 1.

“É uma situação difícil para mim. Vamos sentar para decidir com o presidente, com o presidente da APF, mas a minha vontade são as duas coisas. Sempre quis jogar na seleção, ser sempre convocado; também é um grupo novo, de olho na Copa América aqui no Brasil [em 2019]. O treinador [Osorio] é novo, e é bom pegar as ideias que ele tem. Quero ir, é até complicado dizer, mas tenho vontade de jogar a final, dá para fazer as duas coisas", projetou o camisa 11 alvinegro.

Esporte