PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dúvidas, Thiago Neves e Arrascaeta têm importância que vai além dos gols

Terça-feira será de definição na Toca da Raposa para saber se a dupla pegará o Palmeiras - Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Terça-feira será de definição na Toca da Raposa para saber se a dupla pegará o Palmeiras Imagem: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

25/09/2018 04h00

Na véspera da partida decisiva contra o Palmeiras, o torcedor do Cruzeiro ainda não sabe se seu time poderá contar com dois de seus principais atletas. Thiago Neves e Arrascaeta seguem acompanhados de perto pelos médicos do clube e recebem atenção especial antes da partida no Mineirão. Além da capacidade da dupla de fazer gols, uma eventual ausência pode ser sentida de várias formas, como liderança, estrela e comportamento tático.

A começar pelos principais números, Arrascaeta e Thiago Neves são os artilheiros do Cruzeiro na temporada. O primeiro já fez onze gols, enquanto o segundo tem um a mais. Nas assistências, Arrascaeta é o líder do quesito, com oito. Já Thiago diminuiu seus passes para gols em relação ao último ano e só tem três.

Thiago Neves e Arrascaeta - Divulgação/Cruzeiro - Divulgação/Cruzeiro
Imagem: Divulgação/Cruzeiro

Maior contratação do clube em 2017, Thiago Neves é um dos mais experientes e líderes da equipe. Acostumado a grandes jogos, o meia já deu provas de que não se esconde nas decisões, mesmo quando sua fase individual não é das melhores. O companheiro Arrascaeta chegou a Belo Horizonte em 2014, levou um tempo para se adaptar e hoje faz sua melhor temporada, ofuscando Thiago em vários momentos.

Além de crescer com o entrosamento, o uruguaio ouviu os conselhos de Mano e evoluiu taticamente. Tornou-se fundamental na recomposição e já foi visto dando carrinho no campo defensivo aos 40 minutos para recuperar a bola e construir uma nova ação.

"A gente precisa muito dos dois, são os principais jogadores da nossa equipe junto com o Fábio. Se não jogarem, teremos um aperto muito grande. Claro que entrarão jogadores que poderão fazer as funções da melhor maneira possível, mas a gente sabe que são jogadores que decidem. Precisamos muito deles. Tenho certeza que se recuperaram bem no fim de semana. Espero que estejam em campo para nos ajudar muito", comentou Robinho, titular responsável pelo lado direito do ataque.

No treinos da última segunda-feira, ambos foram ao campo da Toca da Raposa e realizaram atividades leves no gramado. Apesar de voltarem a realizar atividades externas, ainda não é garantia que os dois estarão prontos para a decisão. Da dupla, Thiago é o que está há menos tempo de molho, iniciando seu tratamento após a partida contra o Boca, quarta-feira passada. Arrascaeta, por sua vez, vem sendo trabalhado desde o duelo da ida contra o Palmeiras. Se algum deles não jogar, o reserva de imediato é Rafinha. Caso seja necessário entrar com outro suplente, Rafael Sóbis, David e Mancuello são opções.

Dupla foi formada apenas em 2018

Hoje titulares absolutos do Cruzeiro, Thiago Neves e Arrascaeta não jogavam juntos até pouco tempo atrás. Em 2017, por exemplo, contra o Palmeiras, Arrascaeta era reserva. Isso porque Mano acreditava não ser possível escalar os dois no mesmo time. A ideia mudou apenas neste ano, quando o treinador deixou de utilizar Arrascaeta somente para a região central e passou a escalá-lo na ponta esquerda. Desde então, o uruguaio engrenou e não saiu mais da equipe.

Futebol