PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Levir cita até gripe para explicar derrota e diz que Santos está vivo

Do UOL, em Santos (SP)

29/06/2017 00h29

O técnico Levir Culpi tentou explicar a derrota do Santos para o Flamengo por 2 a 0 nesta quarta-feira, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro, em duelo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. O treinador exaltou o poderio de finalizações dos cariocas, mas lembrou até a epidemia de gripe que pegou o seu elenco nos últimos dias.

“Tivemos um surto que pegou todo mundo, mas eles estavam bem. O Kayke fez o que podia. Minha ideia era tirar o cara que trabalhava mais na área, o Bueno flutua mais. Esse problema que passamos de gripe pegou todo mundo, mas essa semana estaremos bem melhor”, afirmou Levir Culpi.

Apesar da derrota, o comandante santista fez questão de dizer que seu time está vivo na competição e pode reverter a vantagem do Flamengo no dia 26 de julho, na Vila Belmiro. O treinador acredita que o Santos pode ter a mesma competência que o Fla teve nas finalizações nesta quarta-feira.

 “Foram dois chutes bem feitos. O mérito da vitória foi do Flamengo, mas o resto do jogo foi equilibrado. Estamos vivos na competição. Vamos tentar colocar a pressão que o Flamengo colocou aqui”

“Talvez o mesmo que Flamengo, foram muito felizes nas finalizações e podemos ser felizes em Santos. O jogo ninguém sabe como vai ser, mas uma coisa é certa vamos pressionar muito mais do que fizemos aqui”, completou.

A derrota para o Flamengo foi a segunda de Levir Culpi no comando do Santos. No último final de semana, a equipe santista já havia sido derrotada para o Sport, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.  

O alvinegro praiano volta a campo no próximo final de semana, quando enfrenta o Atlético-GO, sábado, às 19h (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Futebol