PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Campeões da Copinha há dez anos se reencontram em jogo inédito pela Copa BR

Campeão da Copinha em 2007, goleiro Rafael irá reencontrar seu reserva naquela ocasião - Marcello Zambrana / Light Press / Cruzeiro
Campeão da Copinha em 2007, goleiro Rafael irá reencontrar seu reserva naquela ocasião Imagem: Marcello Zambrana / Light Press / Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

15/02/2017 04h00

Pela primeira vez na história, Volta Redonda e Cruzeiro entram em campo em um jogo oficial no futebol brasileiro. Na noite desta quarta-feira (15), as equipes se enfrentam pela fase inicial da Copa do Brasil. De um lado, o goleiro Douglas Borges terá a difícil missão de segurar o embalado time celeste que venceu as cinco partidas do ano. Na outra meta estará seu amigo e antigo companheiro de clube Rafael.

No início da temporada de 2007, Rafael e Douglas Borges fizeram parte da equipe do Cruzeiro que levantou o troféu da Copa São Paulo de Juniores, o único da equipe até hoje. A final foi decidida nos pênaltis contra o São Paulo. Nas cobranças alternadas, Rafael defendeu com o pé o chute de Bruno César (ex-Corinthians e Palmeiras) e foi um dos responsáveis diretos pelo título. Seu reserva de imediato era Douglas Borges, que deixou o clube anos depois e hoje será seu adversário pela Copa do Brasil.

“Vou dar um presente de grego para eles. A gente espera fazer mais um grande jogo, como foi contra o Vasco, e sair de campo com essa classificação”, brincou Douglas, citando a vitória do Volta Redonda contra o Vasco no final de semana.

Depois daquele título de 2007, Rafael continuou no Cruzeiro e fez sua estreia como profissional no ano seguinte. Porém, o substituto do ídolo Fábio teve poucas chances em todas essas temporadas e só ganhou uma boa sequência de jogos nos últimos seis meses, devido a uma lesão do camisa 1. Já Douglas Borges deixou a Toca da Raposa em 2010. Desde então, rodou por alguns times mineiros e chegou ao Volta Redonda há três anos. Após ser emprestado ao Ceará e Remo, voltou ao time do Rio de Janeiro e foi titular nos primeiros jogos de 2017.

Conforme já informado, o duelo será disputado no estádio Raulino de Oliveira e será o primeiro encontro oficial entre as equipes. Antes disso, os clubes só se enfrentaram em quatro amistosos que terminaram em igualdade por três vezes e com uma vitória mineira. Por causa do novo regulamento, o jogo é único e o Cruzeiro só precisa de um empate para avançar para a próxima fase. Ao Volta Redonda, só interessa a vitória se não quiser se despedir tão cedo da competição.

Futebol