PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ataque desencanta, Grêmio despacha o CRB e avança na Copa do Brasil

Jogadores do Grêmio comemoram gol durante a partida contra o CRB pela Copa do Brasil - ITAWI ALBUQUERQUE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Grêmio comemoram gol durante a partida contra o CRB pela Copa do Brasil Imagem: ITAWI ALBUQUERQUE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Porto Alegre

13/05/2015 21h22

O problema do Grêmio foi resolvido pelo destino. Com a lesão de Braian Rodríguez e a convocação de Yuri Mamute, abriu-se a possibilidade para mudança de esquema tático e a formação de uma dupla de meninos: Luan, de 22 anos, e Pedro Rocha, de 21. Deu certo. Nesta quarta-feira (13), com atuação de luxo do ataque, o Tricolor fez 3 a 1 no CRB, em Maceió. Com o resultado, avançou à terceira fase da Copa do Brasil sem necessidade do compromisso de volta. 

Agora o adversário será o Criciúma. O alívio no calendário servirá para aprimorar as qualidades da equipe visando o Campeonato Brasileiro. O duelo com os catarinenses ainda não tem datas confirmadas pela CBF. Os dias disponíveis são 27 de maio para ida, 15 ou 22 de julho para volta. 
 
Pedro Rocha, autor de dois gols no jogo, já soma três na temporada em apenas qutro jogos. Média muito melhor que o uruguaio Braian Rodríguez, considerado titular e que marcou apenas uma vez em 12 partidas com a camisa azul, branca e preta. O novo posicionamento favoreceu, também, Luan, que marcou uma vez e deu assistência.
 
Fases do jogo:
O Grêmio encontrou uma defesa fraca no oponente. Sem muita dificuldade, mesmo cheio de desfalques ofensivos, o time gaúcho logo assumiu o comando do jogo. Com nova formação, meio-campo povoado e paciência para preparar as jogadas, o Tricolor rondou a área do CRB até achar o espaço.
 
Não demorou. Aos 11 minutos, Luan recebeu de Giuliano e venceu o goleiro Júlio César em conclusão de muita qualidade: 1 a 0. E mesmo superior no marcador, o time gaúcho não abriu mão do posicionamento no campo rival. Manteve posse quase absoluta, não foi ameaçado e chegou ao segundo gol, com Pedro Rocha, aos 37 do primeiro tempo. 
 
Apostando na velocidade de Luan e Pedro Rocha, o terceiro aconteceu ainda antes do intervalo. Luan entrou driblando na área do CRB e bateu. O goleiro Júlio César deu rebote. Giuliano bateu a segunda. O goleiro pegou de novo. E no terceiro lance, Luan resolveu apenas rolar para o centro da pequena área, onde Pedro Rocha colocou na rede e ampliou a vantagem, levando os gaúchos com tranquilidade absoluta para o vestiário. 
 
O segundo tempo deixou de ser 'partida de um time só'. O CRB deixou o vestiário com objetivo de ao menos evitar a goleada. Esbarrou, então, na falta de qualidade técnica de seus jogadores. Mas ao menos fez o goleiro Marcelo Grohe trabalhar um pouco. 
 
Percebendo o crescimento do rival, o técnico Luiz Felipe Scolari promoveu a entrada de Fellipe Bastos. O Grêmio, então, ficou com quatro volantes e nenhum atacante em campo, já que Luan é meia na origem. 
 
E tanto tentou o CRB que chegou ao gol. Aos 25 minutos Daniel Cruz ganhou de Rhodolfo pela direita e cruzou para Maxwell entrar de carrinho e colocar na rede. Descontou o time alagoano e com mais um gol evitaria a eliminação. Não aconteceu. O 3 a 1 que encerrou o jogo levou o Grêmio para a terceira fase sem o duelo de volta. 
 
O melhor: Pedro Rocha - Não deixou nenhuma saudade do titular, Braian Rodríguez. Fez dois gols e incomodou muito a defesa do CRB. 
 
O pior: Daniel Marques - O zagueiro do CRB sofreu contra o rápido ataque gremistas e deixou espaços aproveitados pelos gaúchos. 
 
Chave do jogo: Dupla afinada. A dupla de ataque do Grêmio mostrou entrosamento mesmo sem ter jogado junta nesta temporada. "Já jogamos juntos na base, o entrosamento vem de lá", disse Pedro Rocha citando o parceiro Luan. 
 
Toque dos técnicos: 
Felipão mudou a ideia tática do Grêmio. Abriu mão do 4-2-3-1, utilizando agora três volantes: Marcelo Oliveira, Walace e Maicon. Júnior assumiu a lateral esquerda. No ataque, Luan e Pedro Rocha dividiram funções. 
 
CRB 1 X 3 GRÊMIO
 
Data: 13/05/2015 (quarta-feira)
Local: estádio Rei Pelé, em Maceió-AL
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Marcos Welb Rocha de Amorim (ambos baianos)
Cartões amarelos:  Zé Carlos (CRB), Daniel Marques (CRB), Maxwell (CRB); Walace (GRE), Pedro Rocha (GRE), Matías Rodríguez (GRE), Marcelo Grohe (GRE);
Gols: Luan, do Grêmio, aos 12 minutos do primeiro tempo; Pedro Rocha, do Grêmio, aos 37 minutos do primeiro tempo; Pedro Rocha, do Grêmio, aos 44 minutos do primeiro tempo; Maxwell, do CRB, aos 25 minutos do segundo tempo; 
 
CRB: Júlio Cesar; Paulo Sérgio, Daniel Marques, Audálio e Gleidson Souza; Leandro Brasília (Gerson Magrão), Olívio, Glaydson Almeida e Fernando; Maxwel (Bruno Nascimento) e Zé Carlos (Daniel Cruz).
Técnico:  Alexandre Barroso
 
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Pedro Geromel, Rhodolfo e Júnior; Marcelo Oliveira, Walace, Maicon (Douglas) e Giuliano; Luan (Everton) e Pedro Rocha (Fellipe Bastos). 
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Futebol