PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Inter liga alerta para reta final com rivais desesperados na Série B

Inter pega quatro times que lutam contra o rebaixamento e dois sonhando com G4 - Ricardo Rímoli/AGIF
Inter pega quatro times que lutam contra o rebaixamento e dois sonhando com G4 Imagem: Ricardo Rímoli/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre

30/10/2017 04h00

Restam seis jogos para o Internacional encerrar sua passagem pela Série B do Campeonato Brasileiro, mas o clube não espera facilidade. Muito pelo contrário. Com quatro rivais lutando contra o rebaixamento e mais dois ainda com chances de subir, o Colorado passou a tratar a reta final da temporada como pesada e difícil.

A derrota para o Ceará, em casa, adiou a chegada ao "número mágico" que tradicionalmente garante acesso à elite. Agora, a classificação matemática vai demorar pelo menos mais uma rodada e pode chegar em duelo fora do estádio Beira-Rio.

Para o Inter, entretanto, pouco importa a data e o local. O revés surpreendente ligou o alerta geral para os próximos compromissos. Até o final da segunda divisão, o time de Guto Ferreira encara CRB, Luverdense, Vila Nova, Oeste, Goiás e Guarani. Todos com alguma briga ainda.

CRB, Luverdense, Goiás e Guarani correm do fantasma do rebaixamento para a Série C. Já Vila Nova e Oeste seguem sonhando com uma vaga entre os quatro que sobem.

"Nessa reta final todo mundo se entrega, vai ao limite, e esses detalhes fazem a diferença. Agora aconteceu contra nós. Vamos ter mais seis jogos difíceis, mas vamos ter de nos superar para chegar ao nosso objetivo", disse Guto Ferreira. "Independente de jogar bem, jogar mais ou menos, temos que conseguir os resultados para ter o acesso. Volto a falar: são seis partidas finais dificílimas. Independente da equipe, vamos ter que sempre somar pontos", completou.

Nos seis jogos que faltam, três serão no estádio Beira-Rio e os outros três na condição de visitante. Em casa o Inter pega CRB, Vila Nova e Guarani. Fora encara Luverdense, Oeste e Goiás.

"A gente tem falado que as últimas rodadas, nessa fase decisiva, todos os jogos ficam mais difíceis. No início, mesmo valendo três pontos, alguns times não jogam tão concentrados. A gente tem a plena consciência de que todos os jogos serão extremamente difíceis. Não podemos esperar jogo fácil, todo jogo vai ter dificuldade e temos que procurar jogar melhor", afirmou Roberto Melo, vice de futebol.

A sequência decisiva começa na próxima sexta-feira, às 19h15 (Brasília), diante do CRB. Ganhar em casa levará o Inter aos 64 pontos, mas ainda na dependência de resultados paralelos para poder carimbar o retorno à elite. E na reta final, o alerta está ligado.

Esporte