PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Danilo Fernandes pede paciência da torcida do Inter: "2016 já acabou"

Danilo Fernandes pede paciência para torcedores do Internacional em próximos jogos - Ricardo Duarte/Inter
Danilo Fernandes pede paciência para torcedores do Internacional em próximos jogos Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/06/2017 17h29

O goleiro Danilo Fernandes pediu apoio. Depois de ver vaias e protestos no jogo de terça-feira e no treinamento desta quarta, o goleiro do Internacional e um dos líderes do elenco usou a entrevista coletiva para solicitar paciência.

"Nós sabemos do sentimento do torcedor. E a gente não quer que eles passem por isso, queremos das alegrias para eles. Estão machucados como a gente. Tivemos um ano difícil, mas já passou. 2016 já acabou. Precisamos do torcedor do nosso lado. Não queremos que com 10 ou 15 minutos eles comecem a vaiar a gente. Precisamos do apoio deles. Protestar e criticar depois do jogo é válido. Não foi o resultado que queriam, nem nós, temos que aceitar. Mas durante os 90 minutos, pedimos um pouco de paciência, apoio e incentivo. Porque jogando em casa, os times adversário vão se fechar e será ainda mais difícil. Temos que rodar a bola, ter calma para criar. Não dá para sair atacando tipo índio e se expor. É isso que pedimos, uma paciência maior do torcedor durante os 90 minutos. Acabando o jogo, o protesto é válido. Mas durante a partida, precisamos do apoio deles", disse o goleiro em tom de desabafo.

No intervalo e no fim do jogo com Paraná, vaias ditaram o tom no Beira-Rio. Cadeiras foram quebradas e arremessadas no gramado. Xingamentos tomaram conta do pátio do estádio. E durante o treinamento desta quarta, um grupo pequeno de torcedores novamente protestou.

"Temos que parar de falar em 2016. Ano passado na nona rodada éramos líderes do Brasileiro, estávamos lá em cima. No fim, deu no que deu. Não tem como comparar, já passou. A lição vem no resultado final. No ano passado começamos bem e acabamos mal. Neste ano começamos com dificuldades mas no final vai ser como todos queriam, que será com acesso", completou.

O Internacional encara o Brasil de Pelotas no próximo sábado, às 16h30 (de Brasília), no estádio Bento Freitas.

Futebol