PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2019

Após poupar titulares em derrota, Kleina fala em "perda de padrão"

Kleina poupou quatro para jogo de quarta. Técnico ainda criticou pouca criação no setor ofensivo - Fernando Donasci/UOL
Kleina poupou quatro para jogo de quarta. Técnico ainda criticou pouca criação no setor ofensivo Imagem: Fernando Donasci/UOL

Do UOL, em São Paulo

25/08/2013 06h00

O técnico Gilson Kleina resolveu poupar quatro titulares para a partida deste sábado, contra o Boa Esporte, e viu o Palmeiras sair derrotado de Varginha. Acima da derrota, quebrou a sequência invencível do time na Série B, que durava 11 jogos. Após a derrota, o técnico falou que a equipe “perdeu o padrão” e criticou a falta de criação no meio de campo.

“A marcação do Boa foi implacável. Vieram com essa proposta. A verdade é que criamos muito pouco. Não tivemos sorte, esbarramos no goleiro. Mas fizemos cinco mudanças para o jogo. Perde o padrão, mas nós confiamos no elenco”, disse Kleina, após a derrota por 1 a 0.

O goleiro Fernando Prass, o volante Vilson, o lateral esquerdo Juninho e o atacante Leandro foram poupados. O volante Wesley, suspenso, e o meia Jorge Valdivia, lesionado, também não atuaram. Kleina tentou corrigir os problemas de criação no segundo tempo. Tirou o volante Eguren e inseriu Mendieta. Mas não foi o bastante para mudar o placar.  

“Dessa vez não conseguimos reagir. Entendemos que alguns não jogavam havia muito tempo e isso faz diferença. Mas tem de reagir já quarta-feira para as coisas poderem caminhar de novo para nós”, falou o treinador.

Na quarta-feira, o Palmeiras vai a Curitiba para o jogo de volta contra o Atlético-PR, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. A equipe de Gilson Kleina venceu o primeiro, no Pacaembu, por 1 a 0. Na Vila Capanema, o técnico poderá contar com os atletas que foram poupados na derrota para o Boa Esporte e espera, dessa vez, recuperar o padrão do time que ficou 11 partidas sem perder na Série B e se consolidou como líder.

“Todos, quando é contra nós, fazem um clima de decisão.  Eles comemoraram essa vitória como se fosse um título. E é assim, em alguns momentos nós  vamos tropeçar. Esperamos reagir. Agora temos de nos mobilizar para a Copa do Brasil”, completou.