Topo

Série B - 2019


ASA mantém tabu ao bater ABC, acaba com sequências de derrotas e respira

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/06/2012 22h49

O tabu está mantido. Após ser dominado durante boa parte do primeiro tempo, o ASA cresceu no segundo e derrotou o ABC por 3 a 1, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o time alagoano acabou com a sequência de três derrotas consecutivas e manteve a escrita de nunca ter perdido para os potiguares. Os gols da partida foram marcados por Raul, Danilo Cruz, Lúcio Maranhão e Roberto Jacaré.

O jogo começou muito equilibrado porque as duas equipes tentavam se defender bem nos primeiros minutos. A partida começou a melhorar quando os times resolveram atacar com mais velocidade. Em um lance dentro da área, Edson finalizou com perigo e Gilson salvou o ASA, aos seis.

A resposta dos donos da casa aconteceu cinco minutos depois. Após uma boa troca de passes, Valdívia rolou para Didira. De frente para o goleiro Camilo, o meia se atrapalhou e não conseguiu finalizar.

Mesmo atuando de casa, o ABC passou a criar mais chances de gol porque os donos passaram a ter dificuldade para exercer uma boa marcação no meio-campo. O time potiguar esteve próximo de marcar principalmente nos chutes de longe. Alisson e Raul arriscaram com perigo, mas Gilson demonstrou segurança.

E foi desta maneira que os visitantes abriram o placar. Aos 29, acertou um chute com violência, em uma cobrança de falta, e Gilson nada pôde fazer. O volante Audálio tentou fazer o corte de cabeça, mas não conseguiu.

No momento que o ABC demonstrava mais organização, o ASA conseguiu reagir após passe de calcanhar, executado por Didira dentro da área. Danilo Cruz recebeu e acertou uma finalização no ângulo do goleiro Camilo, aos 35. Após igualar o marcador, a equipe da casa melhorou no jogo e passou a criar boas chances para conseguir virar. O placar, porém, seguiu inalterado até o final do primeiro tempo.

O ASA iniciou o segundo tempo com Roberto Jacaré no lugar de Valdívia, machucado. Já o time visitante, retornou com a mesma equipe. Bastou a bola rolar para os donos casa virarem o placar. Com apenas 40 segundos, o artilheiro Lúcio Maranhão aproveitou cruzamento da esquerda para marcar de cabeça.

A vantagem do time de Arapiraca animou seus jogadores que cresceram na partida e fizeram mais um gol, aos oito. Roberto Jacaré recebeu de costas para a meta adversária, girou e acertou uma finalização com muito efeito.

Perdendo o jogo, o ABC ainda se complicou quando o meia Raul deixou o campo para dar entrada a Anderson Costa, aos dez. Com a substituição, os potiguares não conseguiam criar jogadas de perigo com frequência e viram o ASA dominar completamente a partida. A equipe alagoana pressionou um pouco, mas não conseguiu fazer mais gols, venceu mesmo por 3 a 1 e viu a sequência de derrotas acabar.