PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grêmio volta aos treinos com reunião de mobilização pelo G-4

Lucas Uebel/Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

27/11/2018 17h56

A reapresentação do Grêmio, nesta terça-feira (27), foi marcada por reunião no vestiário. Renato Gaúcho conversou com o elenco em tom de mobilização para a última rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Corinthians, em Porto Alegre. A partida define se o clube gaúcho entra na fase de grupos da Libertadores ou atua nas etapas eliminatórias.

Grêmio e São Paulo disputam a quarta posição na tabela do Brasileiro.

Com o empate do São Paulo diante do Sport, no Morumbi, os dois clubes seguem empatados em pontos, mas o Grêmio leva vantagem no número de vitórias (17 contra 16).

O time gaúcho precisa de vitória simples para terminar o campeonato no G4. Em caso de derrota, passa a torcer contra o São Paulo - que visita a Chapecoense.

"O Renato conversou com a gente agora, falou do São Paulo, que o São Paulo deu mole, e só depende da gente. Temos a semana toda para nos prepararmos bem", disse Matheus Henrique. "Já poderíamos ter garantido, ter cravado (o Grêmio) lá (na fase de grupos), mas ainda está nas nossas mãos", completou o volante.

Nas últimas duas rodadas, o Grêmio somou apenas um ponto. Perdeu para o Flamengo e empatou com o Vitória, ambos os jogos fora de Porto Alegre. Só que o São Paulo também tropeçou e seguiu atrás na tabela.

"A gente já poderia estar na Libertadores, mas a gente deu mole… O São Paulo também. Agora depende só da gente. Agora é com eles torcer contra a gente", comentou Matheus Henrique. "Com certeza, é (um jogo) muito importante. Depois de todos os títulos que ganhamos, chegar no final do ano com essa condição é importante", acrescentou.

O Grêmio recebe o Corinthians no domingo, às 17h (Brasília). Geromel está suspenso pelo terceiro amarelo.

Esporte