PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Edilson vê displicência, mas descarta relaxamento: "respeito à torcida"

Do UOL, em Belo Horizonte

25/11/2018 18h59

Edilson não gostou da atuação do Cruzeiro no revés por 2 a 0 para o Flamengo, neste domingo (25), pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral direito crê que o time foi displicente na partida disputada no Mineirão, mas diz não haver relaxamento pela conquista da Copa do Brasil.

"O primeiro tempo nosso foi um pouco displicente, temos que chegar um pouco mais firmes, ter um pouco mais de tranquilidade no ataque para definir", disse o jogador em entrevista ao canal PFC.

"Não, a gente falou isso desde o início, é um clássico, A gente tem o maior respeito pelos adversários e pelo torcedor. Então, não há relaxamento. A gente está jogando os jogos da melhor maneira possível. Infelizmente, nesse jogo não conseguimos", acrescentou.

Desde que venceu a Copa do Brasil pela sexta vez em sua história, o Cruzeiro disputou nove partidas no Brasileirão, obtendo cinco vitórias e quatro derrotas, incluindo o jogo deste domingo.

Mano Menezes também aproveitou a situação tranquila na temporada para se afastar do trabalho por um tempo. O treinador faz um tratamento médico na pele e deixa o time sob a batuta de Sidnei Lobo na reta final do Brasileirão.

Esporte