PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcida do Corinthians protesta após empate: "joga por amor ou terror"

Siga o UOL Esporte no

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

25/11/2018 21h38

O Corinthians deixou a Arena neste domingo (25) sob protestos após o empate sem gols contra a Chapecoense. Apesar de se livrar do risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o time ouviu gritos de de cobranças das arquibancadas depois do apito final.

Os protestos partiram dos torcedores organizados, no setor norte do estádio. "Ô ô ô, queremos jogador" e "Joga por amor ou jogar por terror" foram os cantos entoados pela uniformizada.

Vale ressaltar que o jogo deste domingo, que marcou o último jogo do Corinthians diante da sua torcida nesta temporada, contou com bom público. Cerca de 36 mil torcedores compareceram à Arena em jogo que marcou o fim da luta contra a queda para a Série B.

Esse não foi o único protesto da torcida nas últimas semanas. Antes da partida contra o Vasco, no último sábado (17), cerca de 400 torcedores uniformizados protestaram em frente ao CT Joaquim Grava e pediram a saída do presidente Andrés Sanchez. Na ocasião, membros da Gaviões da Fiel se reuniram com jogadores e dirigentes para um conversa em tom de cobrança e apoio. 

Com o resultado diante da Chape, o Corinthians chegou a 44 pontos e já não corre riscos de terminar o Brasileiro entre os quatro últimos. Na última rodada, a equipe enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre.

Esporte