PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico do Atlético-PR celebra gramado e alívio após primeira vitória fora

Gabriel Machado/AGIF
Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

18/11/2018 18h05

Foram necessárias 18 partidas no Brasileirão 2018 para que o Atlético-PR comemorasse uma vitória longe de Curitiba. E o triunfo contra o Vitória, 2 a 1 em Salvador, encerrou um período de pouco mais de um ano sem que os atleticanos vibrassem com o time atuando fora da Arena da Baixada. A última vez havia sido em 11 de novembro de 2017, contra o Botafogo, 1 a 0. Para o técnico Tiago Nunes, a sensação de alívio veio com um aliado: o gramado do Barradão.

“Fazer um elogio especial ao gramado. Perfeito, fofo, muito bom de jogar, e quando você encontra um gramado nessas ótimas condições, o jogo técnico acaba favorecendo bastante”, disse, em resposta às críticas de que o time teria algum benefício pela qualidade do gramado sintético da Baixada. “Lógico, nós sempre buscamos essa vitória fora. Sempre foi tema de muitas perguntas. A gente estava atrás dela, a gente ficou mais aliviado, ficou mais feliz, os atletas comemoraram ali no vestiário”, contou.

“Sabíamos que em algum momento isso ia acontecer, já poderia ter acontecido mais cedo, por muitas atuações boas que a gente teve. Talvez tenha sido o momento certo, para que a gente possa manter um nível de atuação bastante alto. Estamos aí vivos na briga por essa pré-Libertadores”, completou. O Furacão chegou a ocupar a sexta posição, mas a vitória do Atlético-MG sobre o Bahia devolveu o Galo à frente na tabela. “A gente sabe que se não fossem os jogos fora de casa, a gente podia estar numa condição bem melhor na tabela, poderíamos estar no G-4”, ponderou Tiago Nunes.

Esporte