PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cruzeiro supera reta final de 2017 e melhora rendimento após Copa do Brasil

Mesmo após conquistar a Copa, reta final do Cruzeiro é melhor que a do ano passado - Marcelo Alvarenga/AGIF
Mesmo após conquistar a Copa, reta final do Cruzeiro é melhor que a do ano passado Imagem: Marcelo Alvarenga/AGIF

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

18/11/2018 04h00

Assim como fez na reta final do ano passado, o Cruzeiro já mostrou que também não vai abandonar o Brasileirão deste ano depois de conquistar a Copa do Brasil e garantir uma vaga na próxima Libertadores. O desempenho de 2018 após levantar o troféu nacional é melhor que o da temporada passada, quando também triunfou na Copa do Brasil.

Em 2017, o Cruzeiro teve 13 jogos para disputar depois que ganhou a Copa do Brasil diante do Flamengo. Nesses duelos, a equipe conquistou 17 dos 39 pontos disputados, com um aproveitamento de 43,5%. Se considerados apenas os seis jogos seguintes à taça (mesmo número de partidas disputadas agora após levantar o hexa), o rendimento foi de duas vitórias, dois empates e duas derrotas (44,4%). Já neste ano, nos mesmos seis jogos que já fez até aqui, o time celeste conquistou 66,6% dos pontos, faturando 12 dos 18 pontos.

Se comparadas as posições que o time se encontrava antes e após os títulos, a mudança também aconteceu. No momento, a equipe sustenta o sétimo lugar, três posições acima da que ocupava antes de faturar o hexa. Em 2017, a quinta posição foi mantida após o pentacampeonato.

Mesmo mesclando alguns jogadores e fazendo um rodízio em alguns setores, a Raposa já venceu quatro adversários após o fim da Copa do Brasil, atrapalhando os planos de quem luta contra o rebaixamento, como é o caso da Chapecoense, Paraná, América-MG e também o Corinthians. Somente em duas ocasiões, o time saiu derrotado: contra o Ceará, no Mineirão, e diante do Atlético-PR, em Curitiba.

Com mais quatro rodadas pela frente, a intenção da diretoria de terminar o Brasileirão em quinto lugar não deverá se concretizar, já que a distância para o São Paulo é de 10 pontos. Apesar disso, o fato de levar o campeonato a sério até seu desfecho pode fazer do Cruzeiro o fiel da balança neste final de ano. A começar pelo próprio São Paulo, adversário deste domingo e que ainda luta por uma vaga no G-4. Em seguida, enfrenta o Vitória em situação desesperadora, terminando a temporada recebendo o Flamengo e visitando o Bahia.

Esporte