PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Contra recorde histórico, Atlético-PR tenta bater Vitória fora de Curitiba

No primeiro turno, Furacão fez 4 a 0 no Leão - Miguel Locatelli/Site Oficial do Atlético-PR
No primeiro turno, Furacão fez 4 a 0 no Leão Imagem: Miguel Locatelli/Site Oficial do Atlético-PR

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

17/11/2018 04h00

São apenas mais duas partidas para que o Atlético-PR evite entrar para um seleto rol de clubes que detém o recorde negativo de fechar o Campeonato Brasileiro sem vitórias como visitante. Neste sábado, 19h, o Furacão desafia o jejum e a necessidade de o Vitória fazer o resultado para tentar fugir do rebaixamento, no Barradão. Até hoje, na história do Brasileirão por pontos corridos com 20 equipes, apenas quatro times fecharam a competição sem comemorar um triunfo sequer longe de seus domínios.

O Ipatinga de 2008, o Sport de 2009, o Criciúma de 2014 e o América-MG em 2015, todos rebaixados como lanternas da competição, são as equipes que acabaram o Brasileirão sem vencer fora de casa. O Atlético não corre mais riscos de rebaixamento, mas entraria para a lista, salvo pela campanha dentro de casa. Se não bater o Vitória, a última chance será contra o Flamengo, na última rodada do campeonato, no Maracanã.

Em 2017, o Atlético venceu no Barradão por 3 a 2, com gols de Ribamar (2) e Douglas Coutinho; Neílton e Trellez descontaram para o Vitória. O histórico recente aponta para um jogo com muitos gols: nos últimos quatro jogos, o placar acabou 3 a 2 em três ocasiões, outras duas à favor do Vitória; ainda houve um empate em 2 a 2 entre os times, que neste campeonato tem índices opostos: o Furacão tem o quarto melhor ataque (47) enquanto o Leão é o dono da pior defesa (55) do Brasileirão.

VITÓRIA x ATLÉTICO-PR

Motivo: 35ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 17/11/2018, às 19h (de Brasília)
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa/SP)

VITÓRIA
João Gabriel; Jeferson, Lucas Ribeiro, Ramon e Fabiano; Willian Farias, Arouca e Léo Gomes; Lucas Fernandes, Erick e Léo Ceará (André Lima). Técnico: João Burse.

ATLÉTICO-PR
Santos; Diego Ferreira (Jonathan), Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães (Lucho González) e Raphael Veiga; Nikão, Pablo e Marcelo Cirino (Rony). Técnico: Tiago Nunes.

Esporte