PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Everton e Helinho vão a campo e dão esperanças ao São Paulo

Everton não joga desde o clássico com o Palmeiras, disputado em 6 de outubro - Marcello Zambrana/AGIF
Everton não joga desde o clássico com o Palmeiras, disputado em 6 de outubro Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

29/10/2018 17h49

O São Paulo começou a semana com boas notícias para o técnico Diego Aguirre. Os meia-atacantes Everton e Helinho treinaram em campo, ainda que sob os cuidados da fisioterapia do clube, e estão mais perto da volta ao elenco tricolor. Há expectativa de que eles entrem em forma a tempo do jogo de domingo, às 17h, contra o Flamengo no Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:
- São Paulo faz homenagem a Daniel antes de treino

Everton tem lesão muscular na coxa esquerda, a terceira em um curto período de tempo, e não joga desde 6 de outubro, quando o São Paulo perdeu clássico para o Palmeiras em casa. Já Helinho sofreu uma torção no tornozelo esquerdo na quarta-feira da semana passada e perdeu o duelo com o Vitória, disputado na sexta, em Salvador.

Os dois treinaram sub supervisão do fisioterapeuta e ex-jogador Betinho e saíram para o Reffis logo que o treino do restante do grupo começou. Quem também tenta se recuperar nesta semana é Everton Felipe, que sofreu estiramento no ligamento colateral medial e da pata de ganso do joelho direito. Ele fez tratamento somente no Reffis. A lesão foi sentida contra o Vitória, jogo do qual Joao Rojas também saiu machucado.

O equatoriano rompeu o tendão patelar do joelho direito e deve ser submetido a cirurgia nesta quinta-feira. O prazo de recuperação chega até oito meses. Outra baixa do treinamento desta segunda foi o lateral-esquerdo Reinaldo, mas em caso bem mais simples. Ele está com forte resfriado e não preocupa para o duelo com o Flamengo.

O técnico Diego Aguirre já sabe também que não poderá contar com os suspensos Jean e Hudson no Morumbi. Assim, serão três vagas abertas na equipe titular. Sidão deve entrar no gol, Jucilei e Liziero disputam o posto no meio de campo ao lado de Luan, enquanto a posição de ponta-direita tem uma concorrência maior: Araruna, que pode entrar avançado ou ser lateral, adiantando Bruno Peres, Santiago Tréllez e os garotos Antony e Helinho - se o último se recuperar rapidamente.

Esporte