PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ricardo Oliveira volta a marcar, faz autocrítica e explica comemoração

Siga o UOL Esporte no

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

30/09/2018 18h24

Depois de dois jogos sumido em campo e passando em branco no setor ofensivo, o atacante Ricardo Oliveira voltou a fazer as pazes com as redes. Na goleada por 5 a 2 do Atlético-MG contra o Sport, o centroavante fez o quinto gol do Galo e fechou a conta do jogo. Após a partida, o camisa 9 falou sobre a importância de voltar a marcar, da pressão que recebe e da autocrítica que faz para melhorar em campo.

"É muito importante voltar a marcar, essa é a minha função. Quando o time não marca, existe uma cobrança minha, pessoal. Entendo que ainda tem muito para melhorar em nível individual, preciso caprichar mais nas finalizações", comentou o atacante, que marcou seu 11º gol neste Brasileiro, atrás somente de Gabriel, do Santos, que tem 13.

"Nosso time tem muita qualidade, quando o atacante não participa, não finaliza, o torcedor vai exigir. O torcedor do Atlético é assim, ele entende que o time pode produzir mais. E eu entendo isso, ele está acostumado com grandes centroavantes", acrescentou.

Diferente dos outros dez gols, dessa vez, Ricardo Oliveira inovou na comemoração. Após balançar as redes, fez uma acrobacia antes de receber o abraço dos companheiros.

"É algo que eu sempre fiz na Cidade do Galo como treinamento, quem me conhece sabe que eu gosto de fazer esse tipo de trabalho. Foi de improviso".

Esporte