PUBLICIDADE
Topo

Esporte

STJD absolve técnico Cuca por invasão de campo no clássico contra o SP

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

24/09/2018 13h29

O Santos recebeu uma boa notícia dos tribunais nesta segunda-feira (24). Julgado pela invasão de campo e pelas reclamações contra o árbitro no clássico contra o São Paulo, no domingo retrasado (16), o técnico Cuca não foi punido com jogos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e, desta forma, está livre para comandar a equipe alvinegra na sequência do Campeonato Brasileiro.

Cuca poderia pegar até nove partidas de gancho. Ele foi enquadrado nos artigos 258 (Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código) e 258-B (Invadir local destinado à equipe de arbitragem, ou o local da partida, prova ou equivalente, durante sua realização, inclusive no intervalo regulamentar) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e levou um jogo de punição, mas que foi transformado em advertência.

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro relatou na súmula da partida entre Santos e São Paulo a invasão de campo de Cuca ao término do jogo. O treinador reclamou do apito final no momento em que a equipe da Vila Belmiro se preparava para puxar um contra-ataque. O duelo acabou empatado por 0 a 0.

"Ricardo, você errou. Meu time faria o gol. Você me prejudicou, isto é uma sacanagem. Você vai ver na TV. Estou cansado de ser prejudicado, sempre contra o Santos. Você errou, você errou, reconheça", teria dito o técnico, de acordo com o relatado na súmula.

O Santos volta a campo na quinta-feira (27), quando o time comandado por Cuca recebe o Vasco no estádio do Pacaembu, às 20h, em jogo atrasado da terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja o que o árbitro escreveu na súmula:

Informo que após o término da partida, o sr Alexi Stival, técnico da equipe do Santos FC, invadiu o campo de jogo e com gestos acintosos e ostensivos se dirigiu até a equipe de arbitragem e proferiu as seguintes palavras: "Ricardo, você errou! Meu time faria o gol. Você me prejudicou, isto é uma sacanagem. Você vai ver na TV. Estou cansado de ser prejudicado. Sempre contra o Santos. Você errou, você errou, reconheça!". O referido treinador resistiu em deixar o campo de jogo, sendo necessário que membros da sua comissão técnica e jogadores o retirassem do campo.

Esporte