PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Luan acaba com 'seca' e ganha fôlego para retomar status no Grêmio

Siga o UOL Esporte no

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

24/09/2018 04h00

O gol de Luan não garantiu apenas a vitória, de virada, em cima do Ceará. Com a cobrança de falta precisa, o meia-atacante encerrou um jejum no Campeonato Brasileiro e ganhou fôlego até mesmo internamente. O camisa 7 tem acumulado rendimento irregular em toda a temporada, mas é defendido pela técnica e influência no jogo do time gaúcho.

As cobranças em cima de Luan não são só de parte da torcida. Internamente ele também já escutou pedidos por melhora. Especialmente no aspecto físico.

O impacto de Luan no jogo do Grêmio é claro. Em 2017, o meia-atacante foi artilheiro do time e ganhou prêmio de melhor jogador da América do Sul em eleição do jornal El País, do Uruguai. Neste ano, com 10 gols, ele não é protagonista como antes.

A oscilação tem sido registrada desde o início da temporada. Com direito a gols em cima do Inter, atuações decisivas na Libertadores e Copa do Brasil, mas depois partidas apagadas. Mesmo com jogos ruins, o lugar no time nunca esteve ameaçado.

"O Luan realmente não vem jogando tudo que sabe nas últimas partidas, mas é um jogador importante e decisivo. Qualquer outro treinador já teria tirado ele, mas eu insisti por saber que em uma jogada pode decidir", disse Renato Gaúcho após a vitória em cima do Ceará.

No Brasileirão, Luan chegou a 16 partidas e marcou seu primeiro gol. Antes de converter a falta da frente da área, ele ainda deu assistência para Pedro Geromel fazer de cabeça. O escanteio bem executado foi o décima assistência do camisa 7 no ano.

Luan, pedra angular do Grêmio desde 2015, perdeu a condição de principal jogador do time para Everton. Artilheiro da equipe na temporada com 16 gols, o camisa 11 foi convocado por Tite pela segunda vez consecutiva e estará com a seleção brasileira nos amistosos de outubro.

"O Luan sabe que tem toda a minha confiança, da diretoria e dos companheiros. É normal o jogador não jogar tudo que ele sabe, independente do clube ou posição. O gol foi muito importante para a confiança dele", afirmou Renato. "Agora, ele tem uma semana inteira para trabalhar bastante a parte física dele", acrescentou.

O Grêmio volta a campo na próxima rodada contra o Fluminense, fora de casa. A tendência é que o time gaúcho preserve titulares de olho na segunda partida das quartas de final da Libertadores, contra o Tucumán-ARG, no dia 2 de outubro. O uso de força máxima só é cogitado se o Flu e a CBF toparem antecipar o compromisso da 27ª rodada.

Luan, que recebeu terceiro amarelo diante do Ceará, está fora da partida contra o Fluminense. Ele volta a jogar pelo Brasileiro contra o Bahia, em 6 de outubro.

Esporte