PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fluminense desafia desgaste da altitude e tabu contra a Chapecoense

Time do Fluminense terá desafios para superar no jogo em Chapecó - Lucas Merçon/Fluminense
Time do Fluminense terá desafios para superar no jogo em Chapecó Imagem: Lucas Merçon/Fluminense

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/09/2018 04h00

A vitória do Flu por 2 a 0 sobre o Deportivo Cuenca já é página virada entre os jogadores, que se preparam para encarar a Chapecoense na segunda-feira, às 20h, na Arena Condá.

Para superar os catarinenses, os tricolores, no entanto, ainda terão de lidar com uma herança do duelo de Quito. Já desgastados pela maratona de jogos e viagens, o time venceu um jogo disputado a 2.850 metros de altitude.

A exaustão era visível após a primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, embora o triunfo sirva como uma injeção de ânimo extra.

“Sabíamos da dificuldade que seria jogar aqui pela boa equipe do Cuenca e pela altitude. Mas passamos pelas adversidades com boa estratégia”, analisou o técnico Marcelo Oliveira.

Autor de uma arrancada que teve início no campo de defesa até terminar com um gol de Luciano, Ayrton Lucas teve de explicar como conseguiu fôlego para a jogada. Ele admitiu que a tarefa não é simples:

“A altitude sempre atrapalha, mas fiquei feliz por fazer a jogada e ajudar a equipe”.

Além da questão física, um tabu incômodo aguarda os tricolores em Chapecó. Em cinco jogos disputados no local, o Flu jamais venceu. Ao todo, o retrospecto ante a Chape é dos mais negativos: seis derrotas, três empates e uma vitória.

Para o duelo, o técnico Marcelo Oliveira já pode contar com o retorno de Kayke, que não está inscrito na competição continental. Lesionados, Gilberto e Pablo Dyego ainda não estarão à disposição.

CHAPECOENSE X FLUMINENSE

Data e hora: 24/09/2018, segunda-feira, às 20h (de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau (RS)

Chapecoense
Jandrei; Eduardo, Douglas, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Diego Torres; Victor Andrade, Vinicius e Leandro Pereira.
Técnico: Guto Ferreira

Fluminense
Julio Cesar; Léo, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi e Sornoza; Everaldo e Luciano
Técnico: Marcelo Oliveira 

Esporte