PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cuca liga alerta no Santos após quebra de invencibilidade para rival direto

Do UOL, em São Paulo

24/09/2018 04h00

A derrota para o Cruzeiro no último domingo (23), por 2 a 1, no Mineirão, fez o Santos perder a invencibilidade de nove jogos, oito sem sofrer gols. Mais que isso, o revés para um rival direto na briga por vaga na próxima Libertadores faz Cuca religar o alerta no Campeonato Brasileiro.

Apesar de ver como positiva a atuação da equipe em Minas Gerias, o treinador tratou de dizer que o seu principal objetivo no clube é, ainda, livrar-se do risco de rebaixamento para a Série B.

“Daria (para dizer que está livre do rebaixamento) se a gente tivesse ganhado o jogo, pelo menos empatado. Agora a gente já tem que olhar para baixo, pessoal debaixo está subindo, a gente tem que, o quanto antes, somar os pontos necessários para não correr risco. E junto disso ter a ambição de buscar uma vaga na Libertadores”, pontuou o comandante.

Com a derrota, o Peixe caiu para a décima colocação, estacionou nos 32 pontos e se vê mais perto da parte debaixo da tabela: são cinco de diferença para o Ceará, que abre o Z4. Já a distância para o Atlético-MG, que fecha a zona de classificação à Libertadores, é de dez pontos.

A chance de o clube aliviar qualquer tipo de pressão futura e seguir com ambição de conquistar uma vaga no torneio continental é já na próxima quinta-feira (27). O Santos recebe o Vasco no Pacaembu, às 20h (de Brasília). O jogo, atrasado da terceira rodada do Brasileirão, é uma oportunidade de não desgarrar dos rivais de cima, como lembrou Cuca.

“Você tem que ter estrutura para recomeçar, construir uma invencibilidade novamente. Perdemos uma invencibilidade de nove jogos, oito sem tomar gol, agora vamos trabalhar bem para quinta-feira poder fazer um jogo bom com o Vasco”, finalizou.

Esporte