PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Odair espera Emerson Santos, mas se prepara para mudanças no Inter

Odair Hellmann, técnico do Internacional, espera por Emerson Santos e não descarta Fabiano - Thiago Ribeiro/AGIF
Odair Hellmann, técnico do Internacional, espera por Emerson Santos e não descarta Fabiano Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/09/2018 12h15

Sem treinar nos últimos dois dias, Emerson Santos pode se unir a Cuesta e Moledo como desfalques do Inter. O ex-palmeirense, porém, será aguardado até o último momento pelo técnico Odair Hellmann, que já se previne contra a possibilidade de mudança.

"Vamos esperar até o último momento. Amanhã (Sábado), se tiver bem vai para campo (treinar). Mas já treinamos a possibilidade dele não jogar, ou sentir. Até porque não temos Cuesta e Moledo. Esperaremos, mas treinamos a possibilidade da ausência dele. Aguardamos até domingo um pouco antes do jogo, a não ser que amanhã os médicos vetem ele. Mas treinamos bem o substituto, que é importante, vamos aguardar para ver o que vai acontecer", disse.

O substituto é Fabiano, que treinou como zagueiro na atividade desta sexta. Thales, que seria alternativa, não terá condições de jogo, conforme adiantou o técnico.

"Fabiano já jogou assim no início de carreira, foi zagueiro e depois passou para lateral. Ele estava me contando como é que foi para lateral. Está há bastante tempo sem jogar ali, mas se por acaso o Fabiano tiver que jogar, vai muito bem", disse.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte em abril, Fabiano relatou como se transformou em lateral, na Chapecoense.

E para suprir qualquer carência de entrosamento, o técnico do Internacional aposta na capacidade coletiva.

"O Emerson quando atuou foi muito bem, o Klaus já foi titular da equipe. Estamos muito tranquilos. Eu sempre defendo muito o grupo não é por defender, mas porque acredito nos jogadores. Cabe a mim passar confiança para quem vai jogar. Klaus, Emerson, que eles façam o que já fizeram que vão dar resposta. E uma consolidação coletiva ajuda quando se tem uma ausência de quem joga sistematicamente. A estrutura coletiva ajuda a entrada de jogadores. Atingimos essa maturidade e tenho certeza que os dois farão bom jogo no domingo", comentou.

O Internacional encara o Corinthians no domingo às 16h (de Brasília), em São Paulo. Com 49 pontos, o time vermelho é vice-líder do Brasileiro. 

Esporte