PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após pancada, Emerson Santos desfalca treino do Inter. Nico volta

Emerson Santos (c) será reavaliado e pode perder a partida contra o Corinthians - Marinho Saldanha/UOL
Emerson Santos (c) será reavaliado e pode perder a partida contra o Corinthians Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

20/09/2018 11h00

Emerson Santos não trabalhou com o restante do grupo na manhã desta quinta-feira (20). O jogador permaneceu tratando os reflexos da pancada sofrida na atividade de quarta. Rodrigo Dourado, que ficou fora da partida contra a Chapecoense e também saiu mais cedo da atividade anterior, retornou. O mesmo vale para Nico López. 

O uruguaio saiu mais cedo do jogo contra a Chapecoense, realizou tratamento na quarta-feira, mas nesta quinta trabalhou normalmente. Estará disponível para pegar o Corinthians no domingo. 

O lance que gerou as saídas de Dourado e Emerson Santos ocorreu no fim do trabalho. Ambos saíram aparentando dores após divididas. A dupla foi reavaliada e apenas o volante treinou. Segundo informou a assessoria de imprensa do Inter, Emerson permaneceu nos vestiários realizando tratamento.

Não está descartada sua participação no jogo contra o Corinthians. Dependerá da avaliação dos médicos no decorrer da semana. Até porque Cuesta está suspenso e Rodrigo Moledo lesionado.

Sem a dupla titular e com a possibilidade de não contar com o ex-palmeirense, o Colorado pode ter Klaus e Thales na zaga. O par, inédito em jogos oficiais, soma poucas participações na temporada.

Klaus, de 24 anos, fez 12 partidas em 2018. A última foi a derrota contra o América-MG pelo Brasileiro. E foram 12 gols sofridos nos jogos com ele em campo. Já Thales, de 25 anos, disputou seis partidas no ano, a última diante do Cruzeiro-RS, pelo Gauchão, em março. Com um gol marcado em 2018, o Inter só foi vazado uma vez quando ele atuou.

As atividades da semana que definirão a defesa do Inter, que tende a contar com a proteção de Rodrigo Dourado novamente.

O Inter visita o Corinthians no domingo às 16h (de Brasília), em São Paulo.

Esporte