PUBLICIDADE
Topo

Esporte

D'Alessandro pega dois jogos de suspensão por confusão em Gre-Nal

D"Alessandro começou o Gre-Nal no banco de reservas e depois protagonizou confusão - Ricardo Rímoli/AGIF
D'Alessandro começou o Gre-Nal no banco de reservas e depois protagonizou confusão Imagem: Ricardo Rímoli/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre

23/05/2018 17h32

Em julgamento realizado na tarde desta quarta-feira (23) no STJD, D'Alessandro, meia do Internacional, pegou dois jogos de suspensão pela confusão ao final do clássico Gre-Nal 416, na Arena. O jogador, portanto, está fora do jogo contra o Corinthians, no próximo domingo, e também do duelo seguinte, contra o Vitória. 

A decisão foi unanime da 3ª Comissão Disciplinar do STJD. Incluso no artigo 254-A, agressão, o gringo poderia pegar até 12 partidas, mas a ação foi desqualificada como 'ato hostil', incluso no artigo 250, e rendeu pena de dois jogos. 

Na quinta-feira, D'Ale voltará a ser julgado. Irá se tratar do recurso interposto pelo Inter, que concedeu efeito suspensivo a ele e Pottker por conta das confusões na partida contra o Flamengo. Ambos pegaram dois jogos cada na ocasião. 

Se o Internacional não conseguir absolvição dele no Pleno e ainda reverter a decisão atual, o camisa 10 precisará cumprir quatro jogos de suspensão. 

Grêmio é absolvido

No mesmo julgamento, o Grêmio foi absolvido por conta do arremesso de um sinalizador no campo de jogo. O responsável pelo artefato foi identificado e punido imediatamente, por isso o clube azul, branco e preto escapou de qualquer punição. 

Inter e Grêmio também foram absolvidos junto ao árbitro do jogo pela não identificação dos responsáveis pela confusão ao fim da partida. 

Lembre o que houve:

D'Alessandro ficou no banco de reservas no clássico 416. No entanto, ao fim do jogo entrou em campo e acertou o atacante Luan, do Grêmio, com um soco em meio a uma discussão. O problema rompeu as linhas do gramado e acabou na sala de doping do estádio gremista, onde houve apenas uma discussão. 

O departamento jurídico do Internacional pode recorrer da decisão e até mesmo entrar com efeito suspensivo na expectativa de liberar D'Alessandro até o julgamento no Pleno. 

Esporte