Mais informação com menos tempo de leitura
Topo

Esporte


Atlético-MG renova contrato de Luan, que pode completar uma década no clube

Luan já passou de 200 jogos com a camisa do Atlético-MG - Pedro Vale/AGIF
Luan já passou de 200 jogos com a camisa do Atlético-MG Imagem: Pedro Vale/AGIF

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

22/05/2018 15h38

Um dos cinco jogadores remanescentes da conquista da Copa Libertadores 2013, o meia-atacante Luan vai ficar por mais algum tempo no Atlético-MG. O "Menino Maluquinho", como é chamado pelos torcedores, renovou o contrato nesta terça-feira. O vínculo foi estendido até abril de 2022. Caso siga na Cidade do Galo até o término do novo contrato, Luan pode completar uma década de clube.

O Atlético se antecipou e adiantou a renovação do jogador, que tinha vínculo até o fim de abril do ano que vem. O desejo de prolongar o contrato partiu do próprio Luan, que no início de 2018 já se mostrava incomodado com o fato de não ter sido procurado pela diretoria para conversar sobre a renovação.

A negociação foi conduzida pelos agentes André Cury e Beto Rappa, que é o empresário de Luan. Ambo chegaram a Belo Horizonte nessa segunda-feira para finalizar o acerto com o Atlético. O meia-atacante está na Cidade do Galo desde 2013 e é um dos jogadores com mais tempo de clube.

Luan foi campeão da Libertadores, da Recopa, da Copa do Brasil pelo Atlético, além de ter conquistado o Campeonato Mineiro em três oportunidades. Atualmente, o camisa 27 ostenta o posto de maior artilheiro do elenco. São 40 gols marcados em 220 aparições. A renovação de Luan faz parte do planejamento traçado pela diretoria de futebol, de manter jogadores importantes por um longo tempo.

Antes dele, o clube já havia prolongado os vínculos do goleiro Victor, do zagueiro Bremer e do lateral direito Patric, além do volante Gustavo Blanco, que foi comprado junto ao Bahia e também ficará na Cidade do Galo até 2022. Agora, o trabalho da direção atleticana é para estender o acordo com o volante Adilson. As conversas já iniciaram e o vínculo atual vai até fevereiro de 2019.

Mais Esporte