PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Willian treina com bola, mas ainda é dúvida para dérbi com Corinthians

Willian se machucou na vitória contra a Ponte Preta, há quase duas semanas - José Edgar de Matos/UOL Esporte
Willian se machucou na vitória contra a Ponte Preta, há quase duas semanas Imagem: José Edgar de Matos/UOL Esporte

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/10/2017 18h09

O Palmeiras se reapresentou na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, depois do empate por 2 a 2 com o Cruzeiro, que deixou a equipe a cinco pontos do líder Corinthians na tabela do Campeonato Brasileiro. A principal novidade durante parte da atividade com bola foi a presença do atacante Willian, ainda em recuperação de uma lesão muscular.

Willian participou do aquecimento com bola e da primeira parte da atividade técnica com os outros companheiros. Ainda em transição para recuperar a melhor forma, o artilheiro do Palmeiras na temporada complementou a atividade desta tarde com um treino físico específico ao lado de Michel Bastos e Alejandro Guerra, também desfalques nas últimas semanas.

Mesmo em evolução, a presença de Willian no dérbi contra o Corinthians do próximo domingo segue como uma incógnita. Tudo dependerá da evolução física do atacante durante os testes da semana, segundo o departamento médico do Palmeiras. A projeção inicial previa a ausência do atacante por até três semanas; o jogador está fora de atividade há 12 dias.

Nesta terça, o camisa 29 realizou a primeira atividade da programação e será acompanhado até a véspera do jogo para saber se haverá condições para o jogo em Itaquera. Guerra, com uma luxação na clavícula, e Michel Bastos, em recuperação física, também passarão por este monitoramento.

Quem trabalhou normalmente foi o zagueiro Yerry Mina. O defensor colombiano, que, de acordo com o clube, pediu para não ser relacionado para o jogo de segunda contra o Cruzeiro, participou de todo o treino técnico comandado por Alberto Valentim e pode retomar um lugar na defesa no fim de semana.

Ainda no setor defensivo, Edu Dracena, que deixou a partida de segunda com câimbras na panturrilha direita, trabalhou normalmente com os titulares na academia e não preocupa para o dérbi que pode decidir as pretensões do Palmeiras no Campeonato Brasileiro.

O time alviverde chega a Itaquera com cinco pontos desvantagem em relação ao líder Corinthians - 59 a 54. Enquanto o Palmeiras cresce em questão de resultados ao somar cinco jogos de invencibilidade, o arquirrival não vence desde o último dia 11, quando bateu o Coritiba por 3 a 1.

Esporte