PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians encara Ponte e Lucca, velhos conhecidos, em busca de uma reação

Lucca perdeu um pênalti no duelo com Cássio no jogo do primeiro turno - Miguel Schincariol/Getty Images
Lucca perdeu um pênalti no duelo com Cássio no jogo do primeiro turno Imagem: Miguel Schincariol/Getty Images

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

29/10/2017 04h00

A perda da "gordura" para os rivais colocou o Corinthians sob pressão. Líder absoluto de quase todo o Campeonato Brasileiro, o time de Fábio Carille viveu uma semana atípica, com críticas, visita da torcida ao CT e mudanças no dia a dia do elenco. Neste domingo, a equipe alvinegra junta o que tem de melhor para tentar uma reação. Do outro lado, estarão Lucca e a Ponte Preta, velhor conhecidos.

Se o Corinthians se fortaleceu ao longo do ano e foi de "quarta força" a melhor turno da história dos pontos corridos, parte dessa história passa pela Ponte Preta. Foi contra o time campineiro que o clube do Parque São Jorge deslanchou na final do Campeonato Paulista, título que deu confiança e ajudou a equipe a embalar para o torneio seguinte.

A taça estadual emendou em uma campanha quase impecável na primeira metade do Campeonato Brasileiro, incluindo uma vitória por 2 a 0 sobre a própria Ponte Preta. Um turno depois, o desempenho caiu bruscamente e o Corinthians agora vê Palmeiras e Santos a apenas seis pontos de distância. Vencer em Campinas, neste domingo, é fundamental para que Carille e companhia não corram o risco de chegar ao clássico com o Palmeiras, no próximo fim de semana, com a primeira colocação em xeque. Parar um "inimigo íntimo", neste cenário, é fundamental.

Corinthians x Lucca

Revelação do Corinthians, o emprestado Lucca será uma das principais armas ofensivas da Ponte Preta, seriamente ameaçada pelo fantasma da Série B. O duelo ocorre em meio a indefinições sobre o possível retorno do atacante ao Parque São Jorge na temporada 2018.

A dois meses do fim do contrato de empréstimo, o futuro do jogador de 27 anos ainda é uma incógnita e ainda depende de algumas situações, como apurou a reportagem do UOL Esporte. Um deles é o interesse do mercado europeu - nas últimas semanas, não houve sondagens por Lucca.

O retorno do atacante é visto com bons olhos pelo técnico Fábio Carille, mas uma venda no fim do ano não está descartada. No fim de agosto, diante do interesse do Nantes-FRA, a diretoria admitiu analisar propostas a partir de 6 milhões de euros (R$ 22,6 milhões na cotação atual).

O clube paulista, que possui 60% de direitos econômicos, ficaria com 3,6 milhões de euros (R$ 13,6 milhões). Cruzeiro e Criciúma também teriam porcentagem numa negociação futura.

Lucca - JALES VALQUER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - JALES VALQUER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Lucca já marcou dez gols no Brasileirão
Imagem: JALES VALQUER/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Outra pendência diz respeito à própria necessidade do Corinthians em janeiro de 2018, no começo da pré-temporada. O time corre o risco de perder uma peça importante do ataque: o artilheiro Jô, autor de 22 gols em 2017. Sem ele, Lucca, mesmo com características distintas, tem chance de retornar.

Vale lembrar que Lucca chegou a liderar a tabela de artilharia do Brasileirão no primeiro turno, mas está há 13 rodadas sem ir às redes. Ele soma dez gols na competição, contra 15 de Jô e 16 de Henrique Dourado.

A má fase fez, inclusive, Lucca ser apontado pela torcida como um dos culpados pela derrocada da Ponte Preta no Brasileirão. O time de Campinas está na zona de rebaixamento, na 18ª posição, com 32 pontos.

No primeiro turno, o jogador, que tem contrato com o Corinthians até junho de 2019, chegou a perder um pênalti no duelo que marcou o quarto reencontro com seu ex-time. Naquela oportunidade, Cássio defendeu o chute de Lucca. No Paulistão, o atacante passou em branco nas finais do campeonato, mas balançou a rede na fase de grupo, num empate por 1 a 1 em Campinas.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA x CORINTHIANS

Data: 29 de outubro de 2017, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Competição: Campeonato Brasileiro (31ª rodada)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Anderson de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Yago, Rodrigo e Jeferson; Fernando Bob; Lucca, Elton, Wendel e Danilo Barcelos; Emerson Sheik. Técnico: Eduardo Baptista

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherne Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille

Esporte