PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Botafogo exalta forte marcação e comemora empate com Atlético-MG

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/10/2017 19h09

O Botafogo visitou o Atlético-MG e terminou a partida com mais um ponto na classificação. Apesar de ver a vitória próxima em alguns momentos, os jogadores cariocas aprovaram o empate sem gols no Independência. Segundo eles, a dificuldade de encarar o Galo em casa é muito alta e o ponto deve ser valorizado.

Um dos destaques foi Igor Rabello. O zagueiro teve grande atuação e exaltou o poder de marcação do Botafogo no duelo. Segundo ele, o empate foi justo e ajudará o Alvinegro na luta por uma vaga na Libertadores.

“Dedicação da equipe. Começamos desde o 1min muito forte na marcação. Tivemos chance de gol também, mas infelizmente não conseguimos marcar. Empate foi bom no fim das contas e vai ajudar em nosso objetivo”, disse Igor Rabelo.

O zagueiro ainda esteve envolvido em um lance que gerou bastante reclamação por parte dos mineiros. Dentro da área, ele cortou a bola que bateu em sua coxa e em seguida no braço. O defensor negou que tenha sido pênalti.

“Tocaram no meio, eu estava em movimento. A bola bate no meu braço, mas não tive a intenção. Ela bate em mim, não sou eu que coloco o braço na bola. Juiz foi bem claro no lance e acertou em não marcar nada”, atestou o defensor.

Com o empate diante do Atlético-MG, o Botafogo chegou aos 48 pontos e pulou para a 5ª posição – o Cruzeiro, com 47, entra em campo nesta segunda e pode recuperar a vaga. O Alvinegro volta a campo no sábado, quando receberá o Fluminense, no Nilton Santos.

Esporte