PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Alberto Valentim faz planos de deixar o Palmeiras cada vez mais italiano

Alberto Valentim, técnico do Palmeiras, orienta o time no jogo contra o Grêmio - Jeferson Guareze/AGIF
Alberto Valentim, técnico do Palmeiras, orienta o time no jogo contra o Grêmio Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

29/10/2017 04h00

Invicto desde sua entrada como interino, Alberto Valentim tem o projeto de deixar o Palmeiras com uma cara cada vez mais italiana. E isso não tem ligação direta com as raízes de sua equipe, mas sim com sua formação no futebol. Com passagem como jogador e cursos feitos na Europa, o comandante tem se esforçado para ensinar o que aprendeu na Itália para seus jogadores.

Por enquanto, o resultado deu certo. São três jogos, com três vitórias contra Atlético-GO, Ponte Preta e Grêmio, e o sonho vivo de alcançar o Corinthians e conseguir o sonhado deca.

A primeira mudança ficou no campo da marcação. Jogadores relatam que a equipe precisa "correr menos" se comparado com o estilo que Cuca gostava de impor. Mayke, por exemplo, afirmou que os atletas estão melhor posicionados após a troca no comando.

"Eu gosto de unir as duas coisas que eu mais conheço, que é a escola italiana e a escola brasileira. De lá, eu quero ver a obediência tática, a fase defensiva com qualidade e a recomposição. Essa qualidade defensiva é muito importante para começar bem a jogada", explica Valentim.

Dentro de campo, a principal mudança no time foi com a entrada de Keno. Mesmo tendo chances com Cuca, o atacante não conseguia desempenhar um bom papel. Com Valentim, ele virou referência em assistências e até mesmo homem gol.

O jogador conseguiu liderar a equipe nas últimas três rodadas, virou um dos xodós da torcida e ainda aparece como o melhor driblador do campeonato nas estatísticas.

"O que tem de brasileiro é o que todo mundo fala. Talento, improviso e qualidade técnica. Eu pego essa qualidade defensiva e misturo com a qualidade dos brasileiros e aí fica do jeito que eu imagino como ideal", completou.

O Palmeiras encara o Cruzeiro na segunda-feira (30) para se afastar do Santos, que perdeu para o São Paulo, e com a esperança de se aproximar ainda mais do Corinthians, que pega a Ponte Preta no domingo.

Esporte