PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Carille aposta em Corinthians "que nunca perdeu", mas pouco foi testado

Carille ao lado do zagueiro Balbuena, um dos líderes do elenco do Corinthians - Rodrigo Gazzanel/Corinthians
Carille ao lado do zagueiro Balbuena, um dos líderes do elenco do Corinthians Imagem: Rodrigo Gazzanel/Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

28/10/2017 04h00

O Corinthians vai enfrentar a Ponte Preta com força máxima neste domingo, em Campinas. Ao confirmar a escalação do time ideal, o técnico Fábio Carille deu ênfase ao retrospecto invicto da equipe para justificar a escolha por Romero na vaga de Marquinhos Gabriel.

"Eu já falei várias vezes: não mudo o sistema, mudo características dos jogadores. O Marquinhos fez um bom jogo [contra o Botafogo], mas é em função do que analisamos da Ponte. É uma decisão minha conversando com os auxiliares, achamos melhor colocar em campo a formação que nunca perdeu", disse o treinador.

De fato o Corinthians que entrará no gramado do Moisés Lucarelli no domingo ainda não perdeu: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Em contrapartida, foi pouco testado: foram apenas 12 jogos, com sete vitórias e cinco empates.

No Brasileirão, Carille contou com os 11 jogadores titulares em somente cinco partidas - quatro delas fizeram parte do incrível primeiro turno colocado em prática pelo líder: vitórias sobre Bahia (3 a 0) e Palmeiras (2 a 0) e empates com Chapecoense (1 a 1) e Avaí (0 a 0). Ou seja, 12 triunfos do turno inicial foram conquistados com pelo menos uma mudança.

O time ideal de Carille jogou junto pela primeira vez no clássico com o Santos, ainda em março deste ano. O Corinthians, na ocasião, venceu por 1 a 0. Na reta final do estadual. A formação ganhou liga e arrancou para o título estadual. Na primeira final da competição, justamente contra a Ponte, em Campinas, a equipe fez 3 a 0 com essa formação.

No Campeonato Brasileiro, no entanto, os desfalques se tornaram cada vez mais frequentes: Pablo, Arana e Jadson passaram semanas no departamento médico. Ainda assim, a equipe titular teve um rendimento baixo na última vez que jogou junta. O fato ocorreu no clássico com o São Paulo, no fim de setembro. Na ocasião, um reserva, Clayson, empatou o jogo no segundo tempo.

Carille destaca solidez

O treinador corintiano, ao confirmar a escalação com Romero e Pablo, ressaltou a solidez defensiva obtida pelo Corinthians com os quatro jogadores da primeira linha: Fagner, Balbuena, Pablo e Arana. "A gente se apega a números, é uma equipe que não perdeu ainda, essa linha defensiva jogou 23 jogos, em 16 não levou gols", ressaltou Carille.

Nos últimos jogos, o Corinthians tem sofrido com as bolas alçadas na área. Os dois gols na derrota para o Botafogo, por exemplo, saíram dessa forma. Diante desse contexto, Carille destacou o retorno de Pablo após quatro jogos fora.

"O Pedro Henrique deu resposta boa toda vez que entrou, mas com Pablo ganho imposição física maior, jogador mais experiente, com rodagem maior, pela resposta que já deu. A gente ganha neste momento um cara mais experiente nesse setor de proteção", frisou.

O Corinthians soma 59 pontos no Brasileirão e tem seis pontos de vantagem sobre Palmeiras e Santos. Nas últimas três rodadas, a diferença para os rivais caiu vertiginosamente. O time alviverde conseguiu tirar oito pontos, enquanto os santistas ficaram quatro pontos mais próximos.

Lista de jogos do Corinthians com os 11 titulares de Carille:

Pablo - Rodrigo Gazzanel/Corinthians  - Rodrigo Gazzanel/Corinthians
Pablo voltará ao time corintiano
Imagem: Rodrigo Gazzanel/Corinthians

1 x 0 Santos (04/03)
2 x 0 Luverdense (09/03)
1 x 0 Botafogo-SP (09/04)
2 x 0 São Paulo (16/04)
1 x 1 Inter (19/04)
1 x 1 São Paulo (23/04)
3 x 0 Ponte Preta (30/04)
1 x 1 Chapecoense (13/05)
3 x 0 Bahia (22/06)
2 x 0 Palmeiras (12/07)
0 x 0 Avaí (19/07)
1 x 1 São Paulo (24/09)

Jogos: 12
Vitórias: 7
Empates: 5
Gols marcados: 18
Gols sofridos: 4

Esporte