PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Elias volta ao Atlético após expulsão e xingamentos da torcida: "fico mal"

Expulso contra a Chapecoense, Elias foi xingado pela torcida do Atlético-MG - Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Expulso contra a Chapecoense, Elias foi xingado pela torcida do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

26/10/2017 19h03

Elias está de volta à escalação do Atlético-MG e também à Arena Independência. Em seu último jogo no local, em um revés para a Chapecoense, o meio-campista recebeu um cartão vermelho e acabou xingado pela torcida.

Na atividade desta quinta-feira (26), na Cidade do Galo, o volante atuou entre os titulares e deve permanecer nesta condição para enfrentar o Botafogo, no Campo do Horto. Questionado sobre a expulsão na partida anterior no local, o atleta de 32 anos assumiu a culpa:

"No jogo da Chapecoense, a responsabilidade é quase toda minha, até por causa da expulsão. Vou procurar melhorar para que não deixe a equipe na mão e não seja o responsável por uma possível derrota", afirmou.

"Se eu contar, ninguém vai acreditar, mas eu fico mal, porque nunca aconteceu na carreira deixar a equipe na mão por uma expulsão, mas expulsões certas. Essa última não, calculei mal, dei margem para que o árbitro pudesse me expulsar. Fico mal e me cobro muito todos os dias quando não consigo alcançar ou fazer aquilo que consigo em prol da equipe. Fiquei fora de um clássico e vi a equipe crescer. Eu me cobro muito. Conversei com o Oswaldo (de Oliveira) sobre isso e falei que dessa forma não vou ficar", acrescentou.

O Atlético deve entrar em campo, no domingo, com a seguinte equipe: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Leonardo Silva e Mansur; Adilson, Elias, Valdivia e Rómulo Otero; Robinho e Fred.

Esporte