PUBLICIDADE
Topo

Esporte

São Paulo tem rodada de "folga" pela 1ª vez desde junho no Brasileirão

Tricolor terá pelo menos duas semanas fora da zona de rebaixamento - Ale Cabral/AGIF
Tricolor terá pelo menos duas semanas fora da zona de rebaixamento Imagem: Ale Cabral/AGIF

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

23/10/2017 12h24

O São Paulo garantiu um pouco de paz ao bater o Flamengo por 2 a 0 no último domingo, em confronto da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o Tricolor abrir quatro pontos de vantagem para a zona de rebaixamento - o Vitória é o 17º colocado com 33 pontos, contra 37 dos paulistas -, assegurando uma rodada sem riscos na Série A no próximo fim de semana. No pior dos cenários, o time de Dorival Júnior só volta à zona da degola daqui duas semanas.

"Isso é importante para trabalhar mais tranquilo. Mas nos cobramos muito para não baixar a guarda, porque o campeonato está muito embolado. Temos que desgarrar rápido. A gente está bem focado e não vai mais cometer o erro de fazer um grande jogo e cair tanto de uma partida para a outra. É uma semana para trabalhar firme e jogar bem o próximo jogo", analisou o goleiro Sidão, pensando no clássico com o Santos, sábado, às 17h, no Pacaembu.

Essa paz não era sentida no Brasileirão pelos são-paulinos desde o mês de junho. Quando a sétima rodada terminou, com empate sem gols com o Sport no Recife, eram dez pontos somados na sétima colocação, com quatro pontos a mais do que o Atlético-MG, que abria a zona de rebaixamento. Na rodada seguinte, a derrota por 2 a 1 para o próprio Galo no Morumbi e uma combinação adversa de resultados deram início ao calvário tricolor.

Até encontrar a tranquilidade parcial com o triunfo sobre o Flamengo, o São Paulo precisou conviver oito rodadas com a possibilidade de entrar na zona da degola e outras 14 já como um dos quatro últimos do Brasileirão. Agora, são três rodadas consecutivas do 16º lugar para cima, algo que aconteceu pela última vez entre a oitava e a décima rodada e demonstra a irregularidade do time. O Tricolor não vence duas partidas seguidas desde que bateu Avaí e Palmeiras por 2 a 0 na segunda e na terceira rodada. 

"Nosso maior desafio é manter essa pegada. Temos um objetivo claro na nossa mente e temos que nos motivar para alcançá-lo rapidamente. É muito mais difícil jogar na pressão, então temos que aproveitar esse momento", ponderou o atacante Marcos Guilherme.

Depois do clássico com o Santos no sábado, o São Paulo tem compromisso marcado no dia 4 de novembro, às 19h, contra o lanterna Atlético-GO. 

Esporte