PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em disputa contra o rebaixamento, Avaí vence Ponte Preta por 2 a 1

do UOL, em São Paulo

22/10/2017 20h54Atualizada em 22/10/2017 21h26

Em um jogo aberto e com muitas chances para as duas equipes, o Avaí venceu a Ponte Preta por 2 a 1 pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (22), no Moisés Lucarelli, em Campinas.

Com a vitória, o Avaí respira e é o primeiro clube fora da zona de rebaixamento, na 16ª posição, com 34 pontos. Já a Ponte Preta permaneceu na área do descenso para a Série B, com 32 pontos, na 18ª colocação.

Na sequência do Brasileiro, as duas equipes enfrentarão os times da ponta de cima da tabela. Os catarinenses recebem o Grêmio pela 31ª rodada do Nacional no domingo (29). O clube de Campinas, por sua vez, terá o líder Corinthians como visitante no mesmo dia.

Avaí bem armado

Com a desvantagem de enfrentar um jogo importante fora de casa, o treinador Claudinei Oliveira armou bem a equipe do Avaí. Reforçou a marcação, procurando aproveitar os lances de bola parada, os contra-ataques e as falhas do adversário.

Aos 7 minutos do primeiro tempo, a aposta do técnico já mostrou resultado. Após uma cobrança de lateral dentro da área da Ponte Preta, Romulo recebeu a bola e chutou rasteiro para abrir o placar.

O Avaí ampliou em outro lance de bola parada. Romulo finalizou, e a bola bateu no braço do zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta. Pênalti. Júnior Dutra cobrou com segurança e converteu, ampliando o resultado aos 36 minutos da etapa inicial.

A equipe catarinense foi para o intervalo com a vantagem no placar, devolvendo a responsabilidade do jogo para os anfitriões. No segundo tempo, continuou a usar as bolas paradas. Apesar de não marcar outra vez, administrou bem o resultado para manter a vantagem.

Ponte desequilibrada

Com cinco jogadores advertidos com cartões amarelos pela arbitragem, a Ponte Preta, do técnico Eduardo Baptista, parecia desequilibrada pela pressão do duelo decisivo. O time fez muitas faltas, facilitando a construção de jogadas pelo adversário.

Atrás no placar já no primeiro tempo, quando chegou estar perdendo por 2 a 0, o clube de Campinas conseguiu diminuir o revés com uma cobrança de pênalti. Danilo foi derrubado na área pelo goleiro Douglas, aos 37 min. Ele mesmo cobrou, com força, fazendo o gol de honra dos anfitriões.

Na segunda etapa, a Ponte Preta teve mais volume de jogo, enquanto o Avaí se preocupava em manter a vantagem e se fechar na defesa. Mas não foi suficiente. A equipe alvinegra tentou principalmente os chutes de fora da área e os lances de bola parada.

Em um belo chute, com efeito, de Nino Paraíba na ponta da área catarinense, o time de Campinas ainda criou uma boa chance de empate aos 42 min do tempo complementar. Mas, sem sucesso, a bola bateu na trave.

FICHA TÉCNICA
Ponte Preta 1 X 2 Avaí

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data/Hora: 22 de outubro de 2017, às 19h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jose Eduardo Calza (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Gols: Romulo (Avaí), aos 7 min do 1º T; Júnior Dutra, aos 36 min do 1º T; Danilo Barcelos, aos 37 min do 1º T

PONTE PRETA
Aranha; Nino Paraíba, Yago, Rodrigo, Jeferson (Saraiva); Wendel (Léo Gamalho), Fernando Bob, Jadson (Lucas Formiga); Danilo Barcelos; Lucca e Émerson Sheik
Técnico: Eduardo Baptista

AVAÍ
Douglas Friedrich; Leandro Silva, Fagner, Alemão, Betão, João Paulo; Judson, Luan Pereira (Maicon), Marquinhos (Wellington Simião), Pedro Castro; Júnior Dutra, Romulo (Willians)
Técnico: Claudinei Oliveira

Esporte