PUBLICIDADE
Topo

Esporte

No "Brasileirão de Dorival", São Paulo é o time que mais sobe na tabela

Dorival Júnior completará 17 jogos à frente do São Paulo nesta quarta-feira - GUGA GERCHMANN/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO
Dorival Júnior completará 17 jogos à frente do São Paulo nesta quarta-feira Imagem: GUGA GERCHMANN/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/10/2017 04h00

A luta do São Paulo para fugir do rebaixamento no Campeonato Brasileiro não tem sido fácil. A distância para a zona da degola ainda é pequena, de apenas dois pontos, mas há motivos para otimismo entre os tricolores. Desde que o técnico Dorival Júnior assumiu o comando da equipe, na 13ª rodada, ninguém subiu mais posições na tabela do que os são-paulinos: foram seis colocações conquistadas.

Dorival estreou no dia 13 de julho, com o empate em 2 a 2 com o Atlético-GO. Desde então, foram mais 15 partidas. E o São Paulo, que era o 19º lugar com 11 pontos, saltou para a 13ª posição, com 34. O Bahia foi o único a conseguir tamanho feito no período, saindo 16ª colocação, com 12 pontos, e chegando ao décimo posto, com 35. 

Os times que mais despencaram no mesmo intervalo de tempo foram Sport e Coritiba, com oito e sete posições perdidas, respectivamente. Os paranaenses acabaram tendo prejuízo maior, já que deixaram o 12º lugar para carregarem o peso da penúltima colocação da Série A. O Coxa, com 28 pontos, já precisa de ao menos duas rodadas para sair da zona de rebaixamento.

Nesses 16 jogos sob o comando de Dorival Júnior, o São Paulo soma seis vitórias, cinco empates e cinco derrotas, gerando aproveitamento de quase 48%. Se essa marca for mantida, o Tricolor soma mais 14 pontos e chega à marca de 48, que costuma ser suficiente para escapar da queda para a Série B. Já se mantiver o aproveitamento do segundo turno, que é de 55,5%, a pontuação pode chegar a 50, dando ainda mais tranquilidade à tarefa de permanecer na elite.

Outra forma para o São Paulo se salvar mais rapidamente é melhorar o desempenho como visitante no Brasileirão. Até o momento, foram 14 partidas longe de casa, com dez derrotas, dois empates e duas vitórias. A próxima chance de pontuar como forasteiro é nesta quarta-feira, às 21h45, quando o time de Dorival Júnior visita o Fluminense no Maracanã.

Veja as mudanças de posição nas últimas 16 rodadas do Brasileirão:

São Paulo: 23pts - 19º->13º - subiu seis posições
 
Bahia: 23pts - 16º->10º - subiu seis posições
 
Botafogo: 27pts - 11º->6º - subiu cinco posições
 
Atlético-PR: 20pts - 14º->11º - subiu três posições
 
Vasco: 23pts - 10º->8º - subiu duas posições
 
Vitória: 20pts - 17º->15º - subiu duas posições
 
Cruzeiro: 30pts - 7º->5º - subiu duas posições
 
Santos: 28pts - 4º->3º - subiu uma posição
 
Palmeiras: 28pts - 5º->4º - subiu uma posição
 
Grêmio: 27pts - 3º->2º - subiu uma posição
 
Corinthians: 26pts - 1º->1º - manteve posição
 
Atlético-MG: 21pts - 9º->9º - manteve posição
 
Atlético-GO: 19pts - 20º->20º - manteve posição
 
Avaí: 18pts - 18º->18º - manteve posição
 
Chapecoense 17pts - 15º->16º - caiu uma posição
 
Ponte Preta: 17pts - 13º->17º - caiu quatro posições
 
Fluminense: 18pts - 8º->12º - caiu quatro posições
 
Flamengo: 20pts - 2º->7º - caiu cinco posições
 
Coritiba: 12pts - 12º->19º - caiu sete posições
 
Sport: 16pts - 6º->14º - caiu oito posições

 

Esporte